Páginas

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Agora, eleitor só pode ser preso em flagrante delito.

A legislação eleitoral prevê que, a partir desta terça-feira (30) e até 48 horas após o encerramento das eleições, nenhum eleitor poderá ser preso ou detido, salvo em flagrante delito, em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável ou por desrespeito a salvo-conduto.

Caso haja eleição em segundo turno para presidente da República ou governador, previsto para o dia 26 de outubro, a proibição da prisão de eleitor passa a valer a partir do dia 21 de outubro e também vigora até 48 horas depois do encerramento da votação.

A determinação está no Código Eleitoral, art. 236, caput. (Lei nº 4.737/1965).


Fonte: Agência Brasil

Aplicativo criado pela Polícia para identificar suspeito concorre a prêmio.

O Aplicativo SIPP- Sistema de Informação para Proteção de Pessoas,  criado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), é um dos cinco finalistas da sexta edição do Prêmio de Boas Práticas, cujos vencedores serão anunciados no dia 3 de novembro, durante a comemoração pelo Dia do Servidor. 

Criado pelo delegado Jorge Figueiredo Júnior, diretor do departamento, o SIPP concorre à premiação, criada pelo Governo do Estado, com outros projetos que se destacam pelas ações inovadoras no ambiente de trabalho ou ações de voluntariado que contribuem para melhorar a vida na comunidade.

Identificação criminal

Aplicativo criado para auxiliar o trabalho da polícia na identificação de criminosos e localização de pessoas desaparecidas, o SIPP já está disponível para download, gratuitamente, nas principais lojas de aplicativos para smartphones. Para os usuários de Iphone, o SIPP pode ser baixado pelo navegador, digitando o endereço:http://app.vc/dhpp_ba.

“A interface do aplicativo também traz informações sobre unidades policiais do interior do estado, tornando a ferramenta, criada inicialmente para auxiliar nas investigações do DHPP, útil a todos os departamentos da Polícia Civil”, salienta o delegado Jorge Figueiredo.

No aplicativo SIPP é possível identificar, por meio de fotografias, procurados do Almanaque do DHPP e do Baralho da SSP, bem como denunciar criminosos envolvidos em assalto a banco,  e com o tráfico de drogas, na capital e no interior.

O banco de dados com informações sobre pessoas desaparecidas também pode ser acessado no SIPP. Constam detalhes como data de nascimento e telefones para contatos, inclusive de pessoas desaparecidas em cidades do interior.

Leia mais:


Homem que fugiu da delegacia de Irecê se arrepende e se entrega à Polícia.

Foto: Blog do Sigi Vilares

Um dos vinte foragidos da delegacia de Irecê, a 478 km de Salvador, no último dia 08 de setembro, se entregou espontaneamente à delegacia da cidade. Segundo a delegada Maria Maciel, o acusado Anderson Santos Silva chegou a delegacia e afirmou: "Quero sair pela porta da frente", e completou: "Estou arrependido." Ainda segundo a delegada, quando um preso foge e não causa danos ou lesões, não é indiciado por mais um crime.
A delegada afirmou que dos 20 foragidos, além de Anderson que se entregou, Adriano Vieira e mais outro, que a delegada não divulgou o nome, foram recapturados e mais outro morreu em confronto com a polícia.

Veja a lista dos foragidos:

Marciano Pereira dos Santos
André Dias da Silva
Robson de Jesus
Leandro Alves de Souza
Abnael Antônio da Silva Júnior
Maison Baile dos Santos
Ivanildo Rosa de Souza
Jonathan Souza Alves
Adalberto Ribeiro Lélis
Gleison José dos Santos Nascimento
Jonathan Maia da Silva
Rafael Moura Leão
Pedro da Conceição Souza
Wellington Santos de Araújo
Danilo da Silva Santos
Fernandes Batista Nascimento
José da Silva Amaral

Leia mais:



Bancários fecham 580 agências na Bahia no primeiro dia de greve.

Foto: Manoel Porto/Sindicato dos Bancários

Na Bahia, o primeiro dia de greve dos bancários, nesta terça-feira (30/09), teve 580 agências fechadas. De acordo com números divulgados pelo sindicato da categoria, são 158 em Salvador e outras 422 no interior. O número é superior ao registrado no ano passado, quando 543 unidades ficaram sem atendimento.

Agências de bancos públicos e privados estão sem funcionar em todas as regiões do Estado. Do BB são 244 unidades fechadas. Tem ainda a Caixa (147), o BNB (33), o Bradesco (83), Itaú (36), Santander (23), HSBC (9). Os demais bancos somam cinco agências fechadas. O autoatendimento, no entanto, funcionou normalmente e quem precisou fazer operação pode utilizar os terminais eletrônicos.

Os bancários entraram em greve por tempo indeterminado nesta terça-feira (30/09), depois de oito rodadas de negociação com a Fenaban e a apresentação de uma proposta de reajuste salarial de 7,35% (aumento real de 0,94%). Pontos considerados importantes para os trabalhadores ficaram de fora, como o investimento em segurança para coibir os constantes ataques e a ampliação do quadro de funcionários para reduzir as filas.

Leia mais:



OAB-DF impugna pedido de Joaquim Barbosa para advogar.

Foto: Agência Brasil

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Distrito Federal (OAB-DF), Ibneias Rocha, impugnou o pedido do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa para reativar seu registro para exercer a advocacia, após se aposentar da Corte, em julho. A solicitação foi feita no dia 19 de setembro.

Rocha afirma que o pedido não pode ser aceito porque “não atende aos ditames do Artigo 8º da Lei nº 8.906/94 (Estatuto da Advocacia e OAB), notadamente a seu inciso VI”. Segundo o texto, para inscrever-se como advogado é preciso ter idoneidade moral. A reativação do registro de Barbosa ainda vai passar por uma comissão da OAB-DF.

Para justificar o pedido de impugnação, o presidente cita fatos ocorridos durante o período em que Barbosa presidiu o Supremo e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), entre 2012 e junho deste ano.

Em junho, o ex-presidente do STF mandou seguranças da Corte retirarem Luiz Fernando Pacheco, advogado do ex-deputado José Genoino, do plenário. Em março, Barbosa afirmou que há “conluio entre juízes e advogados”, durante o julgamento de um processo disciplinar no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) contra um juiz do Piauí, acusado de favorecer advogados em suas decisões.

Em maio, em outra sessão do CNJ que discutiu a mudança no horário de atendimento de advogados no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), o ex-ministro disse que advogados acordam as "lá pelas 11h da manhã".  No ano passado, Barbosa afirmou que a proposta do ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, condenado no processo do mensalão, para trabalhar em um escritório de advocacia era “um arranjo entre amigos”.

Ex-diretor da Petrobras cumprirá prisão domiciliar.

Foto: Agência Brasil

O juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, concedeu nesta terça-feira (30), prisão domiciliar ao ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa. A decisão foi tomada em troca das informações prestadas por ele no acordo de delação premiada firmado com o Ministério Público Federal (MPF), na Operação Lava Jato, da Polícia Federal.

Conforme o juiz, caberá a Polícia Federal (PF) fiscalizar o cumprimento das normas da prisão domiciliar. Costa está preso na Superintendência da PF em Curitiba e deverá ser transferido para o Rio de Janeiro, onde tem residência.

O benefício foi solicitado pela defesa de Costa para assinar o acordo de delação, no qual ele citou nomes de políticos que receberam propina do suposto esquema investigado na operação.G1


Padre Marcelo Rossi foi vigiado durante anos pelo Vaticano, diz site.

Foto: Portal Uol

O padre Marcelo Rossi teve seus passos, CDs, livros, missas e aparições na TV seguidos de perto pelo Vaticano do final dos anos 90 até cerca de quatro anos atrás.
A investigação, que durou quase 10 anos, foi provocada por uma denúncia feita por um religioso brasileiro, que acusou o padre de culto ao personalismo, exibicionismo por ir demais às TVs, de desvirtuar as práticas católicas e de transformar a missa em uma espécie de "circo".

A investigação foi comandada pela Congregação para a Doutrina da Fé, liderada pelo cardeal Joseph Ratzinger, que mais tarde se tornaria o papa Bento 16.  A Congregatio pro Doctrina Fidei é o novo nome que o Vaticano dá para a assassina Inquisição.

O UOL apurou com exclusividade que, entre o final dos anos 90 e a década de 2000, a Congregação recebia regularmente vídeos com as participações do padre Marcelo em programas como o de Gugu Liberato no SBT e de Fausto Silva, na Globo.

Procurada, a assessoria do padre Marcelo e do bispo dom Fernando, da Mitra de Santo Amaro, superior direto do padre, disseram desconhecer a investigação. A assessoria do padre afirma que, "se isso realmente ocorreu, trata-se de um fato do passado."

O Vaticano, por meio de sua embaixada no Brasil, se recusou a se manifestar a respeito.

Procurada por telefone e por e-mail durante vários dias, a CNBB também se calou sobre o fato.

A investigação foi feita no Vaticano ao mesmo tempo em que ocorriam outras centenas de investigações a respeito de outros padres, freiras e bispos ao redor do mundo.

Fonte: Uo


Em redes sociais, cantor Belo anuncia pausa na carreira.

O cantor de pagode Belo anunciou na tarde desta terça-feira (30) que vai dar uma pausa na carreira. Em suas contas nas redes sociais, o cantor escreveu: "Resolvi me pronunciar por vocês. Meu momento agora é de parar, descansar, recarregar as energias. Todos temos limites e precisamos respeitá-los, acho que chegou a minha vez de aprender a lição". Belo foi internado depois de uma crise de sinusite no ultimo dia 13 e, desde a internação não fez mais swows.Fonte:Aratu Online

Garrafão de água de 20 litros agora deverá ter selo da Sefaz.

Foto: Divulgação

A partir de amanhã (1º), os garrafões de 20 litros de água mineral só poderão sair das envasadoras apresentando no lacre o selo fiscal registrado pela Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-Ba), sob pena de multa de R$ 90 por vasilhame irregular. A medida é uma garantia de origem e qualidade da água, e também uma nova arma no combate à sonegação e à concorrência desleal no setor.

As lojas revendedoras poderão comercializar os garrafões sem o selo fiscal até 30 de outubro, para que não tenham prejuízos com produtos em estoque. Vale ressaltar que não haverá custo adicional para as empresas, já que o valor desembolsado por cada selo será utilizado como crédito na quitação do imposto devido pelas empresas.

A obrigatoriedade do selo fiscal para o mercado de água mineral em vasilhames de 20 litros já é realidade em outros estados, como Pernambuco, Paraíba, Alagoas e Sergipe. Os bons resultados estão estimulando os demais estados a implementarem a utilização do selo, como aconteceu recentemente com o Ceará. A aplicação do selo na Bahia está regulamentada no decreto nº 15.352, publicado na edição de 9 e 10/08 do Diário Oficial do Estado.
Características do selo

Para comprar água em garrafões de 20 litros com garantia de procedência, o consumidor baiano deverá estar atento às características do selo fiscal obrigatório que será colocado no produto. O selo tem as medidas de 20 x 40 mm; o nome SEFAZ-BA, em maiúsculas, na parte superior; o brasão do Estado da Bahia e, logo abaixo, a expressão Selo Fiscal de Controle de Água Mineral.

Foram incluídos diversos elementos para atestar a originalidade do adesivo, como uma barra holográfica do lado esquerdo, tarja geométrica positiva e um fundo invisível que, em contato com a luz, mostra a inscrição ORIGINAL SEFAZ/BA - também em maiúsculas. Ainda como parte da estratégia para evitar a falsificação, explica o diretor de Tributação da Sefaz, Jorge Gonzaga, o adesivo tem também a inscrição da empresa envasadora do produto e a data de validade do selo. 

Foto: Divulgação

Para que se possa identificar se a água é mineral ou adicionada de sais, do lado direito deve existir uma tarja verde com a palavra MINERAL (para a água mineral), ou uma azul, com a palavra ADICIONADA (para a água adicionada de sais). Para não haver distorção nas cores do selo, a Sefaz produziu ainda um guia com as orientações necessárias a um melhor controle dos padrões cromáticos. Outra medida de segurança é um aplicativo que, mediante a digitação do número de série do produto, atestará a regularidade do selo. O aplicativo estará disponível para o consumidor no site da Sefaz.


Bahia e César Vallejo jogam hoje pela Copa Sul-Americana.

Na tarde desta terça-feira (30), o elenco do Bahia finalizou sua preparação para o jogo de hoje, contra o Universidad César Vallejo, do Peru, em partida válida pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana.

A atividade foi realizada no estádio de Pituaçu, onde o técnico Gilson Kleina comandou um trabalho tático, testando a possível equipe que iniciará o jogo de ida do confronto internacional.

O treinador tricolor ganhou o retorno da sua dupla de ataque titular, que não enfrentou o Flamengo. Rafinha e Kieza foram testados na equipe e devem iniciar a partida. Outra novidade é o retorno do lateral esquerdo Pará, que também pode começar o desafio contra o time peruano.

Os jogadores que vinham sentindo algum tipo de lesão ou tiveram resultados de exame apontando cansaço muscular acentuado não serão relacionados para o confronto.
Após o trabalho tático, o time também treinou cobranças de faltas e escanteios, ofensivos e defensivos. Bahia e César Vallejo se enfrentarão na Fonte Nova, nesta quarta-feira(1º/10), às 19h30.Fonte:Aratu


Delúbio Soares ganha direito de cumprir pena em casa.

O ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, condenado na Ação Penal 470, o processo do mensalão, recebeu nesta terça-feira (30), autorização para cumprir o restante da pena em casa. Delúbio compareceu nesta terça-feira à Vara de Penas Alternativas do Distrito Federal para assinar documento no qual se compromete a seguir as regras definidas pelo juiz.

Na semana passada, o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou Delúbio a cumprir o restante da pena em regime aberto, por já ter cumprido um sexto da pena, requisito exigido pela Lei de Execução Penal. Ele foi condenado a seis anos e oito meses de prisão no regime semiaberto e já cumpriu dez meses e quatro dias.

De acordo com o Código Penal, o regime aberto deve ser cumprido em uma casa de albergado, para onde os presos voltam apenas para dormir.

No Distrito Federal, pela inexistência do estabelecimento no sistema prisional, o juiz Lucas Nogueira Israel determinou que Delúbio fique em casa e observe algumas regras, como horário para chegar ao domicílio, não sair da cidade sem autorização da Justiça e manter endereço fixo. Ele deve continuar trabalhando na Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Fonte: Agência Brasil


Estado devulga resultado de provas discursiva do concurso público para perito.

O resultado final da prova discursiva referente ao concurso público para o Departamento de Polícia Técnica da Polícia Civil (DPT/2014) será publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (1). A prova corresponde à segunda etapa do certame. Também será divulgado amanhã o edital de convocação para a realização do teste de aptidão física, que integra a terceira etapa do concurso. As próximas etapas, de caráter eliminatório, são os exames biomédicos, psicotécnico e a investigação social. Ainda será realizada a avaliação de títulos, de caráter classificatório. 

Ao todo, o concurso oferece 130 vagas. As oportunidades estão divididas entre os cargos de Perito Criminalístico (40), Perito Médico-legal (60), Perito Odonto-legal (10) e Perito Técnico de Polícia Civil (20), sendo 5% delas reservadas a pessoas com deficiência. Os aprovados atuarão em seis regiões do Estado: Grande Regional Recôncavo (21 vagas), Grande Regional Chapada (20 vagas), Grande Regional Mata Sul (26 vagas), Grande Regional Nordeste (23 vagas), Grande Regional Oeste (20 vagas) e Grande Regional Planalto (20 vagas). 

A jornada mínima para as carreiras é de 30 horas semanais. A remuneração para os cargos de Perito Criminalístico, Médico-legal e Odonto-legal em início de carreira pode chegar a R$ 9.173,31, incluindo vencimento básico, Gratificação de Atividade de Polícia Jurídica (GAPJ I) e vantagens relativas à jornada de trabalho de 40 horas semanais. 

Já para o cargo de Perito Técnico de Polícia Civil, a remuneração inicial, formada por vencimento, Gratificação de Atividade de Polícia Judiciária (GAPJ I) e vantagens para 40 horas, chega a R$ 3.047,14. O certame é realizado pelas secretarias da Administração (Saeb) e de Segurança Pública (SSP) e organizado pela Fundação Carlos Chagas (FCC).G1

"Ladrão não rouba ladrão" desabafa Kannario após assalto.

Foto: Reprodução Internet

O cantor Igor Kannário desabafou após ser vítima de um assalto em um estúdio de tatuagem no bairro de Boa Viagem, na manhã desta terça-feira (30). Em entrevista a equipe de reportagem da TV Aratu, na sede da 3ª Delegacia Territorial, no Bonfim, ele se mostrou inconformado com a situação: “só tenho uma coisa pra dizer: falta de respeito, não gostei! Sou protestante, defensor da favela, e ladrão não rouba ladrão pô!”, afirmou.

Os dois suspeitos de cometer o crime foram detidos por policiais da 17ª CIPM/Uruguai. A dupla foi encaminhada para a sede da 3ª DT, onde prestaram depoimento à delegada Helenice Souza Nascimento, responsável pelo caso. 

O cantor Igor Kannário também foi ouvido. Parte do material roubado já está sob posse da polícia. O artista teve um celular e uma corrente de ouro avaliada em R$ 11 mil levados pelos criminoso. Outras quatro pessoas que estavam no estúdio também foram vítimas dos assaltantes.Aratu Online



Feira de Santana confirma 33 casos de Chikungunya.

A Prefeitura de Feira de Santana divulgou na manhã desta terça-feira (30)  que 33 casos de chikungunya  foram confirmados no município,  sendo 14 em laboratório e 19 por critério clínico. Entre dias 6 de julho e 27 de setembro foram notificados 606 casos suspeitos, sendo que 11 casos foram descartados e 562 continuam em investigação.

Ainda de acordo com a Prefeitura, os casos suspeitos estão registrados na faixa etária de 35 a 49 anos com 172 (28,38%), seguida da faixa etária 20 a 34 anos com 148 (24,42%) e faixa etária 50 a 64 anos com 104 (17,16%). O sexo feminino predomina com 386 casos (63,69%) e masculino com 220 (36,31%).

Os infectados estão concentrados em 42 localidades do município, dentro os quais o conjunto George Américo apresentou 344 (56,76%) notificações, seguido pelo bairro Campo Limpo com 82 (13,53%), povoado Rio do Peixe (Distrito de Jaguara) com 31 (5,11%) e o bairro Sobradinho com 15 (2,47%) notificações.

Para combater a doença no município, a Secretaria de Saúde intensificou as ações para impedir a proliferação do mosquito aedes aegypti – o mesmo que transmite a dengue – por meio de visitas domiciliares e ações educativas, visando sensibilizar os moradores em acondicionar adequadamente o lixo e evitar água parada.

Os agentes de endemias estão concentrados no George Américo e bairros vizinhos realizando trabalho focal e perifocal. Também está sendo usada a bomba costal para emissão do inseticida.G1


Vota Bahia: Conheça melhor o candidato Rui Costa.

  Editoria de Arte/Aratu Online

O Aratu Online continua nesta terça-feira (30) a série de entrevistas realizadas com os candidatos ao governo do Estado pela Bahia. A série visa apresentar ao eleitorado um perfil do(a) candidato(a) que ajude os internautas do portal a definirem seus votos para as eleições de outubro. Hoje o entrevistado é Rui Costa, do PT.

Rui Costa dos Santos nasceu em Salvador no ano de 1963. Graduado em Economia pela Ufba, Rui foi eleito o deputado federal mais votado do PT Bahia, com 212.157 votos (2010), em 398 municípios baianos (dos 417). Técnico em Instrumentação Industrial pela Escola Técnica Federal da Bahia, ele iniciou a vida profissional e sindical no Polo Petroquímico de Camaçari. Caminhando ao lado do governador Jaques Wagner desde a época da fundação do Partido dos Trabalhadores, em 2007 Rui foi convidado a assumir a Secretaria de Relações Institucionais da Bahia (Serin), no primeiro governo Wagner. 

Em janeiro de 2012, licenciou-se do mandato de deputado federal para assumir a chefia da Casa Civil da Bahia. Também no currículo de Rui, dois mandatos de vereador, em 2000 e 2004, quando foi reeleito como mais votado do PT. Filho do metalúrgico Cloves e da doceira Luzia (falecida), Rui é casado com Aline Peixoto, com quem teve Marina (um ano). Também é pai de Aline (27 anos) e Caio (17 anos).

Confira a entrevista:

Aratu Online - O que levou o senhor a se tornar político?

Rui Costa - Desde muito pequeno eu via minha mãe inconformada com as condições de vida de muitas das famílias no bairro em que morávamos, a Liberdade. Em 1988, ela chegou a fundar a Associação Comunitária São Domingos, uma creche para cuidar das crianças da área. Dona Luzia nasceu pra trabalhar para o povo, e inclusive não se envergonhava de entrar nos gabinetes e pedir o que precisava aos políticos para dar às crianças pobres. Meu pai foi operário de uma fábrica de carrocerias de aço dobrável para caminhões, trabalhava muitas vezes de domingo a domingo. 

Quando não estava trabalhando, aos domingos eu ia com ele para o Sindicato dos Metalúrgicos. Depois, com minha formação técnica em Instrumentação Industrial e o convívio de trabalho no Polo de Camaçari, foi natural a iniciação na vida política. Aprendi a fazer política desde pequeno, na minha família, entendendo nossa realidade e a questionando sempre. Assim fui sendo formado.

AO - Por qual motivo o senhor se filiou ao seu atual partido?

Rui Costa - Por representar o que eu acredito. Democracia e enfrentamento às mazelas sociais, econômicas e culturais, com redução das desigualdades. O entendimento da política social não como uma compensação no processo de desenvolvimento, e sim como uma peça fundamental para fomentá-lo.

AO - Qual político o senhor tem como modelo e por quê?

Rui Costa - Alguém com minha trajetória de vida não pode deixar de ter Luiz Inácio Lula da Silva como modelo e inspiração. Mas são muitos os companheiros de viagem que me estimulam na luta. Logicamente Dilma Rousseff e Jaques Wagner são parceiros de honra nesta caminhada.

AO - Qual é, em sua opinião, o maior problema que a comunidade baiana enfrenta atualmente e por quê?

Rui Costa - Prefiro falar em desafios, porque eles nos instigam a avançar. Cito um que é promover a desconcentração regional das atividades econômicas, apoiada numa estrutura consolidada de novas vias logísticas de transporte de carga e escoamento da produção. Desde Rômulo de Almeida não se fazia um planejamento de médio e longo prazo para a economia baiana, e o modelo adotado está com os dias contados. Vamos manter o conceito que deu grandes passos à frente no desenvolvimento do estado, a partir do governo Jaques Wagner: os polos regionais como elementos dinamizadores da economia. Importante ressaltar que a Bahia não tinha iniciativa de buscar grandes projetos. Wagner encontrou as gavetas do estado sem qualquer projeto estruturante. 

Foi necessário um grande esforço de integração interna, como também com outras regiões do Brasil, através da consolidação de grandes eixos de infraestrutura de transporte, como a Fiol (Ferrovia de Integração Oeste-Leste), Hidrovia do São Francisco, a readequação da FCA Sul e Centro, associados ao Complexo Portuário da Bahia de Todos os Santos, Porto de Ilhéus, Porto Sul e Porto de Juazeiro. Completando a rede principal de circulação, vamos investir nos aeroportos das maiores cidades do estado, como Feira de Santana, Vitória da Conquista, Barreiras, Ilhéus, Teixeira de Freitas e Guanambi, além de centros logísticos em cidades do interior. Também precisamos reforçar a infraestrutura da rede urbana, fomentar a rede viária de interligação entre as diversas regiões do estado, melhorando a qualidade de vida das pessoas. 

É importante qualificar as cidades baianas com serviços públicos de saúde, educação, segurança e rede de acesso a internet. E para garantir o acesso a esses serviços e permitir o escoamento das mercadorias, reforçar as vias que articulam a rede urbana principal com as áreas de produção. Na mobilidade urbana, avançar com investimentos importantes como a Via Expressa Bahia de Todos os Santos, o complexo viário 2 de Julho, as marginais da Avenida Paralela, os viadutos do Imbuí e Narandiba, as alças de ligação da Avenida Luis Eduardo com a BR 324 e com a estrada do Curralinho, a duplicação da Av. Pinto de Aguiar e a Avenida Noide Cerqueira, em Feira de Santana. Importante pensar também uma política de mobilidade urbana em cidades polos no interior da Bahia, como Feira de Santana, Vitória da Conquista, Juazeiro, Alagoinhas, Jequié, Ilhéus e Itabuna. As cidades estão crescendo e essas intervenções precisam ser estruturadas através de parcerias entre os municípios, governo do estado e governo federal.

5. O que o senhor faria para resolver esta questão?

Rui Costa - A única forma de tornar a Bahia mais competitiva é investir em infraestrutura, logística e capacitação de mão de obra. O estado não pode voltar a viver só com ‘espasmos de crescimento’, sem uma estratégia clara, definida. Nosso caminho será investir em grandes projetos estruturantes. Só isso vai firmar nossa economia e garantir desenvolvimento constante. Investir nos setores vinculados ao circuito econômico, consolidando o sistema de ferrovias, portos, aeroportos, rodovias e telecomunicações. Dar seguimento a programas como Água para Todos, Luz para Todos e Minha Casa Minha Vida. Investir no adensamento das cadeias produtivas existentes no estado, a exemplo da química e petroquímica, do petróleo e gás, da produção de alimentos (agrícola e industrial), do papel e celulose, da agricultura familiar, da alta tecnologia e informação, do turismo e da cultura. 

Também avançar na entrada em funcionamento dos parques eólicos e o planejamento e construção de dez novas barragens, água para consumo humano e irrigação. Terceiro apoio no tripé para ampliar a competitividade do estado, a oferta de mão de obra qualificada e a ampliação da oferta de vagas de ensino profissional e do ensino superior terão total prioridade. Nossa meta é atingir 150 mil matrículas nos cursos técnicos de nível médio e apoiar a criação, em ação articulada com o governo federal, das Universidades Federal do Sudoeste da Bahia, Federal da Chapada Diamantina, Federal do Nordeste Baiano e Federal da Serra Geral.

6. Quais são as suas propostas de campanha?

Rui Costa - Em relação à saúde, depois da base sólida que a gestão de Wagner deixará em 2014, o que queremos fazer é criar e fortalecer uma rede de atendimento regionalizada na Bahia. A rede Saúde para Todos. Com a regionalização, vamos garantir o acesso aos serviços de saúde com eficiência, qualidade e cobertura na capital e no interior. É a saúde mais perto da população. Meu objetivo é trabalhar em parceria com os municípios, entidades filantrópicas, universidades e iniciativa privada, aproximando os serviços da população para dar atendimento digno à clientela do Sistema Único de Saúde (SUS). 

Na segurança vamos criar o Programa Estadual de Segurança com Defesa Social, que prioriza a participação ativa da sociedade, prevenção social e repressão qualificada, transversalidade e integração, além das políticas de proximidade e ocupação de território. A meta é a busca da paz e bem estar da população. Entre as propostas mais imediatas, a implantação do Sistema Estadual de Inteligência, com ampliação do Comando de Operações Especiais, tecnologia e controle em cidades estratégicas e criação do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (Polícia Civil). Na Polícia Militar, a implantação de novas bases avançadas do Grupamento Aéreo (Graer) e ampliação do número de Companhias Independentes de Policiamento Especializado. Para a educação nosso compromisso é aprofundar a qualidade da educação na Bahia. Para isso vamos universalizar o ensino médio e dobrar o número de matrículas no sistema estadual de educação profissional. Atingir 150 mil matrículas em cursos técnicos de nível médio. 

Hoje temos a segunda maior rede estadual de educação profissional no país, com 25 campi federais, três núcleos IFs, além de 68 centros estaduais de educação profissional. Seis universidades federais. Universidades estaduais que se destacam em pesquisa, formação profissional e em inclusão, com política de cotas e da assistência estudantil. 

AO - O que o senhor mudaria em relação ao último governo e o que pretende manter?

Rui Costa - Tenho dito que quero fazer um governo ainda melhor do que o de Jaques Wagner, mais dinâmico e com interação ainda maior. E com isso não digo que seja mais capaz do que ele, lógico, mas Wagner deixa para o próximo governador uma base infinitamente melhor, reformulada depois da sucata que recebeu do governo anterior. Pretendo avançar e investir em setores vinculados ao circuito econômico, como infraestrutura e logística, consolidando o sistema de ferrovias, portos, aeroportos, rodovias e telecomunicações. Como chefe da Casa Civil, pude atuar diretamente na implantação de programas como a implantação da Fiol, Água para Todos, Luz para Todos e Minha Casa Minha Vida, além de grandes projetos de mobilidade urbana, a exemplo do Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas. Vamos além. Continuar preparando a Bahia e a economia baiana para uma inserção mais competitiva no mercado nacional e internacional, adequada à transição macroeconômica de maior equilíbrio entre os pilares do consumo e do investimento.

AO - Qual a sua mensagem para os eleitores?

Rui Costa - Construímos um Programa de Governo a milhares de mãos, com a cara do povo baiano. É uma alegria circular por cada canto deste estado e perceber o que povo está unido nesta nossa caminhada. A Bahia vem recebendo grandes investimentos, melhorando a vida da população, mas sabemos que muito ainda pode ser feito para mudar ainda mais. Conheço bem as dificuldades enfrentadas pelo povo baiano, conheço muito bem a Bahia. Por isso, assumo o compromisso de trabalhar firme para que o nosso estado continue crescendo, modernizando e desenvolvendo.

No dia 5 de outubro, estou confiante de que os baianos vão escolher o projeto da moradia, da mobilidade urbana, da educação, da segurança, da valorização do servidor, dos programas sociais, da redução da pobreza, da oportunidade. O projeto que vem mudando, para melhor, a Bahia e o Brasil. Quero governar a Bahia para cuidar da nossa gente.