Páginas

sexta-feira, 23 de junho de 2017

LAVA JATO: PF realiza buscas para localizar 149 joias de Adriana Ancelmo, esposa de Sérgio Cabral.

A Polícia Federal realiza uma operação na manhã desta sexta-feira (23) uma operação para tentar localizar as joias da ex-primeira-dama do Rio de Janeiro Adriana Ancelmo. Segundo informações do portal G1 Rio de Janeiro, a ação é um aprofundamento da Lava Jato no estado, com o objetivo de realizar buscas preliminares. 

Os agentes da PF cumprem mandados de busca e apreensão desde o início da manhã em dois endereços ligados a Adriana: um deles é um prédio no Jardim Botânico onde mora sua ex-governanta, Gilda maria de Souza Vieira da silva. Outro local é um prédio em Ipanema onde reside a irmã da ex-primeira-dama, Lucia Ancelmo Mansur. 

O foco são em 149 joias de um montante de 189 que teriam sido compradas para lavagem de dinheiro originário do esquema de corrupção liderado pelo ex-governador do Rio Sérgio Cabral, que está preso desde novembro do ano passado. 

Adriana também foi presa, mas foi absolvida neste mês pelo juiz federal Sérgio Moro, por falta de provas. O Ministério Público afirma que vai recorrer e já apresentou nova denúncia contra a advogada. Após a decisão, ela cumpre prisão domiciliar no apartamento em que o casal vivia, no bairro do Leblon. 

Os investigadores sustentam que as joias e pedras preciosas compradas pelo casal são prova de crime – eles teriam gastado mais de R$ 11 milhões em joalherias, mas a maioria das joias ainda está desaparecida. Foto:Paulo Mário Martins/TV Globo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário