Páginas

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Mulher de conselheiro que baleou soldado afirma que PM era seu amante - Em Salvador.

Conselheiro Tutelar acusado de balear policial militar.


O soldado da Polícia Militar Ruan Veber Sena Patriarca dos Santos, baleado durante uma confusão envolvendo um casal na Ladeira da Soledade, localizada na Lapinha, em Salvador, era amante da mulher do atirador, segundo informações divulgadas nesta terça-feira (11) pela Polícia Civil, com base no depoimento da mulher. O caso ocorreu na noite de segunda-feira (10). 

O homem que efetuou os disparos, o conselheiro tutelar Eric Damasceno dos Santos, está sendo procurado pela polícia. A mulher de Eric, que não teve identidade divulgada, prestou depoimento e contou que chegou em casa no carro do policial, com quem mantinha um relacionamento, e que o marido, ao avistar os dois, tentou agredi-los com um facão. 

O companheiro da mulher e o PM entraram em luta corporal e Eric conseguiu pegar a pistola calibre 380 que o policial portava. Em seguida, disparou duas vezes contra o militar, que foi atingido no queixo e no tórax. A mulher não ficou ferida. O PM foi socorrido e encaminhado para o Hospital Ernesto Simões, onde passou por cirurgia e permanece internado. Segundo a polícia, ele não corre risco de morrer. *Com informações do G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário