Páginas

sábado, 8 de julho de 2017

Planaltino e cidades do Vale do Jequiriça enfrenta maior seca da história. Afirma prefeito Zeca.


O município de Planaltino vive a maior estiagem da história. No mês de julho Planaltino completa 55 anos de emancipação e enfrenta a mais grave crise hídrica de todos os tempos. A Barragem Nova Esperança, que abastece a Sede do município e Campinhos, o maior dos povoados, chegou ao limite crítico, atingindo o volume morto da represa. A prefeitura solicitou da Embasa visita técnica para buscar soluções para manter a regularidade no abastecimento das comunidades da sede e do Povoado de Campinhos. O prefeito Zeca Braga, recebeu na sede da prefeitura o diretor Regional da Embasa, Dr.  César Melhem e sua equipe, onde  visitaram o manancial Nova Esperança e na oportunidade constataram a grave situação.

A equipe técnica da Embasa informou que a empresa está tomando todas as providências para a recuperação ou perfuração de poços artesianos na Baixa Funda, região do município de Maracás, e utilizarão a adutora Maracás/Planaltino para alimentar o sistema Planaltino/Campinhos. Dentre as ações previstas, em parceria Embasa e o município, decidiram que serão prioridade: a revitalização do Sistema Maracás/Planaltino e mutirão de limpeza e desassoreamento da Barragem Nova Esperança. Em contato com o Itiruçu Online, o  prefeito Zeca Braga, informou que tem buscado soluções para amenizar a convivência com a Seca, em parceria com o Governo do estado.  Braga afirma ter conseguido sucesso na implantação de vários sistemas de água para atender os munícipes planaltinenses, a exemplo: os sistemas integrados, Lajedo Alto/Angélica/Lagoa D´água – Nova Itaípe/Lajedinho – Adutora Baixa Funda/Planaltino e a finalização do Sistema Embasa Planaltino/Campinhos.


 De acordo o prefeito, a prefeitura não reservará esforços na busca de parcerias para construção do Sistema Paraguaçu, que atenderá os municípios de Planaltino, Maracás, Lajedo do Tabocal, Itiruçu, Irajuba, Jaguaquara e Lafaiete Coutinho. Zeca Braga acredita que com a união de forças dos prefeitos dos municípios envolvidos no projeto, deputados, senadores e governador do estado, conseguirão sensibilizar o governo federal a disponibilizar os recursos necessários para construção do sistema. Fonte Blog Vandinho Maracás.

Nenhum comentário:

Postar um comentário