Páginas

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Polícia prende ex-repórter do Super Pop da Rede TV, suspeita de passar informações para facção - No Rio de Janeiro.

Policiais da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme) do Rio prenderam na manhã desta terça-feira (4) a jornalista e advogada Luana de Almeida Domingos, de 32 anos, conhecida como Luana Don. Segundo investigações das polícias civis de Rio e São Paulo, ela passava informações dos líderes da maior facção criminosa do país. A prisão contou com apoio da Polícia Civil de São Paulo.

Luana foi presa em Ilhabela, na rua Manoel Guerra do Amaral, em uma residência que era utilizada como seu esconderijo. A ação contou com o apoio da Polícia Civil de São Paulo. Ela possuía mandado de prisão preventiva pelos crimes de corrupção ativa e por integrar organização criminosa. Até sua prisão, ela era considerada uma das mais procuradas do Estado de São Paulo, com recompensa de R$ 50 mil por informações que levassem à sua prisão.


A jornalista e advogada já havia trabalhado entre 2012 e 2015 como repórter de uma rede de televisão em São Paulo. A Desarme a estava investigando porque ela já morou no Rio de Janeiro e, segundo informações, é possível que estivesse passando informações da facção para atuação deste grupo no Rio de Janeiro. Luana foi apresentada na Divisão de Capturas (DECADE) na capital paulista ainda ontem terça-feira. Fonte: G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário