Páginas

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Quadrilha rouba banco e faz reféns - Em Ibirapitanga.

Quinze homens encapuzados e fortemente armados assaltaram o Banco do Brasil da cidade de Ibirapitanga, na região Sul, na manhã desta quinta-feira (29), de acordo com informações da delegacia do município. O grupo chegou à cidade em dois carros atirando para o alto, e fez funcionários e clientes de reféns, fazendo uma cordão humano em torno da agência bancária durante a ação, que durou cerca de 15 minutos e não deixou feridos. Após a retirada do dinheiro do banco, os bandidos fugiram levando o gerente, um segurança do banco e outro bancário. Cerca de 30 minutos após a fuga dos bandidos, os reféns foram liberados numa estrada da zona rural da cidade. O valor roubado pelo grupo não foi informado pelo banco. Policiais civis e militares seguem realizando rondas pela região em busca dos criminosos. (Correio)

Mulher acusa ex-companheiro de abusar sexualmente de duas filhas - Em Jaguaquara.

A Polícia Civil de Jaguaquara prendeu na tarde de quinta-feira (29/11) no interior de um ônibus que trafegava pela região do “Daramão”, no distrito do Baixão do Ipiúna, o lavrador José dos Santos o ”Bel”,  49 anos, denunciado pela ex-companheira, Domingas dos Santos, de ter praticado durante anos, abuso sexual contra suas filhas, atualmente com 17 e 21 anos, respectivamente, de iniciais A.L.S e M.A.S., desde a época em que as duas eram crianças.
A mulher afirmou na delegacia de polícia, que o ex-companheiro teria estuprado a filha de menor idade, quando ela tinha oito anos, continuando a praticar abuso sexual até o ano de 2010. A filha mais velha começou a ser   abusada  sexualmente aos 12 anos. A queixa foi  prestada na polícia na última sexta-feira  (23/11), quando foi iniciada a investigação para a captura do acusado.   Domingas dos Santos disse que as duas filhas estão decididas a confirmar a prática dos crimes pelo pai.
As jovens residiam na zona rural ao lado do pai e da mãe, mas, diante da situação resolveram mudar para Jaguaquara, onde conseguiram emprego no comércio. A delegada Maria do Socorro disse que dará entrada no pedido de prisão preventiva do acusado, que foi interrogado e argumentou  que, se estuprou as filhas, não lembra mais. Ele está preso na delegacia de Jaguaquara enquanto a polícia inicia investigações sobre o caso. (Marcos Frahm)

Deputado tenta garantir a verba para construir viaduto - Em Jequié.

O deputado federal Antonio Brito (PTB-BA) ainda tenta garantir a inclusão de recursos no Orçamento da União em 2013 para a obra do novo acesso à BR-116 no perímetro urbano de Jequié. Após uma derrota apertada na votação que definiu as emendas da bancada baiana para o próximo ano, o parlamentar agora entrará com um ofício no Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) solicitando a inclusão do projeto na agenda do órgão ligado ao Ministério dos Transportes.
“Não adianta chorar o leite derramado, nem ficar procurando o culpado. Vamos correr atrás do prejuízo, pois Jequié precisa de infraestrutura para aproveitar o seu potencial de crescimento. Essa é uma obra que impactará em todo o escoamento da região, além de prevenir acidentes que costumam acontecer no local. Não podemos medir esforços”, defendeu Brito. Fonte: Assessoria de Comunicação do Deputado AB.

Jequieense é contratado pelo time do Santos.

O jequieense Guilherme Santos foi contratado pelo Santos Futebol Clube, a confirmação foi divulgada quinta feira (29) no Programa Falando de Esportes da Cidade Sol FM. Guilherme estava defendendo as cores do Figueirense,time de Santa Catarina que foi rebaixado para a segunda divisão do futebol  brasileiro. Ele está muito contente e vai poder atual ao lado de um dos maiores jogadores do mundo, Neymar. Agora é suar a camisa para conquistar a vaga de titular na lateral esquerda do time santista.J.Mascote

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Polícia Militar prende traficante – Em Iramaia.



A Polícia Militar de Iramaia a cerca de oito meses vem investigando o elemento ANDERSON BORGES CERQUEIRA, vulgo “GORDO”, 29 anos, vindo de Iaçu e que passou a residir na Rua João Mendes,s/nº, em Iramaia. Durante esse período de investigação, segundo a Polícia, foi descoberto que "GORDO" trazia drogas de Itaberaba e distribuía para as cidades de Iramaia, Itetê e Iaçu, passando a ser monitorado mais de perto. Ocorrendo que nesta quinta-feira(28), por volta das 18h:00min., os militares Ademir e Henrique, passavam pela rua onde GORDO mora, observaram dois elementos em uma moto na porta da casa de GORDO, os mesmos foram abordados e nenhuma droga foi encontrada com eles,inclusive disseram que estavam ali para comprar pássaros, os mesmos foram liberados em seguida.
Depois de revistado," GORDO" autorizou a entrada dos policiais em sua residência, onde fora encontrado e apreendido (17)dezessete pedras de Crack, (10)dez papelotes de Cocaína, (08)oito trouxas de Maconha,(01)um celular, cum cartão de crédito e R$ 205,00(duzentos e cinco reais) em espécie proveniente da venda da droga. 

Foi dado voz de prisão em flagrante ao suspeito e por não ter Delegado naquela cidade, o mesmo foi conduzido para a Delegacia Territorial de Maracás, onde a Delegada Drª Viviane Rosa de Alcântara autuou em flagrante ANDERSON BORGES CERQUEIRA por tráfico de drogas e ele já se encontra a disposição da Justiça. ANDERSON já foi preso anteriormente por tráfico de drogas em Iaçu e pagou pena no Presídio Lemos de Brito, em Salvador.Foto e Matéria Blog Vandinho Maracas.

Candidatos a prefeito e vice são condenados por divulgar calunias contra adversário - Em Ibirataia.

A Juíza Carla Rodrigues de Araújo, Titular da 24ª Zona Eleitoral, condenou os ex-candidatos a prefeito e vice-prefeito de Ibirataia, Antônio Batista (PSC) e Victor Fair (PSL), respectivamente, derrotados nas últimas eleições municipais, por divulgar calúnias e fatos inverídicos contra o prefeito eleito, Marcos Aurélio Oliveira (PP).
Antônio Batista e Victor Fair terão de doar, cada um, à Polícia Militar, um microcomputador Intel Core I3, 4 GB de memória, HD de um 1T, no valor aproximado de R$ 1.600,00, ou alternativamente prestarão serviço à comunidade pelo prazo de 4 meses, a razão de 8 horas semanas, de preferência aos domingos.
Batista e Fair tem até esta sexta-feira (30) para cumprir a determinação Judicial. “A decisão da Justiça sinaliza que não se pode sair atacando a honra e a idoneidade das pessoas de maneira irresponsável, sem apresentação de provas”, disse o advogado eleitoral Marcos Brito. Agora é coçar os bolsos e pagar a conta. Informações do Ubatã Notícias.

Educação: Brasil ocupa o penúltimo lugar no ranking global.

O Brasil ficou em penúltimo lugar em um  ranking global de educação que comparou 40 países levando em conta notas de  testes e qualidade de   professores, dentre outros fatores. Os resultados foram estruturados a partir de notas de testes efetuados por estudantes dos países entre 2006 e 2010. Também foi considerada pela pesquisa a quantidade de alunos que ingressam na universidade e foram empregados.
O ranking é baseado em  testes efetuados em áreas como matemática, ciências e habilidades linguísticas a cada três ou quatro anos e, por isso, apresenta um cenário com atraso estatístico frente à realidade atual. Ao analisar os sistemas educacionais bem-sucedidos, o estudo concluiu que investimentos são importantes, mas não tanto quanto manter uma verdadeira “cultura” nacional de aprendizado, que valoriza professores, escolas e a educação como um todo.
O relatório destaca ainda a importância de empregar professores de alta qualidade, a necessidade de encontrar maneiras de recrutá-los e o pagamento de bons salários.  Conhecidas como “super potências” da educação, a Finlândia e a Coreia do Sul dominam as duas primeiras colocações do ranking e, na sequência, figuram Hong Kong, Japão e Cingapura. Alemanha (15), Estados Unidos (17) e França (25) estão em grupo intermediário e México (38), Brasil (39), e Indonésia (40) integram as posições mais baixas. Entre os sul-americanos, Chile (33), Argentina (35) e Colômbia (36) estão em melhor colocação que o Brasil. (Tribuna da Bahia)

Procon recomenda evitar 200 sites de compras.

O Procon-SP divulgou na quarta-feira (28/11) uma lista de 200 sites de compras não recomendados pelo órgão. No item “Evite esses sites”, disponível no site do Procon, estão listados em ordem alfabética, razão social da empresa e número do CNPJ ou CPF e a condição dos sites, como “fora do ar” ou “no ar”.
Em nota publicada na internet, o diretor executivo do Procon-SP, Paulo Arthur Góes,  disse que “esses fornecedores virtuais não são localizados, inclusive no rastreamento feito no banco de dados de órgãos como Junta Comercial, Receita Federal e Registro BR, responsável pelo registro de domínios no Brasil, o que inviabiliza a solução do problema apresentado pelo consumidor”. (Veja)

Prefeito é condenado a três anos de prisão pela Justiça - Em Eunápolis.

O prefeito de Eunápolis, José Robério Batista de Oliveira (PRTB), foi condenado a pena de três anos e três meses de reclusão por utilizar indevidamente recursos públicos para fins de autopromoção em publicidade governamental. A decisão, proferida pela 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, foi tomada na terça-feira (27/11) a partir da análise de ações apresentadas pelo Núcleo de Investigação de Crimes Atribuídos a Prefeitos (CAP), do Ministério Público da Bahia. 
O crime foi cometido pelo gestor em 2005, quando José Robério, a pretexto de divulgar ações da administração municipal, contratou a empresa Bureau Comunicação e Marketing S/C Ltda., pelo valor de R$ 77 mil, para editar e distribuir 20 mil exemplares de uma revista que fez ligação do seu nome e imagem com obras e serviços da cidade do extremo sul da Bahia.  De e acordo com a assessoria do MPE, a conduta do gestor é proibida por lei e foi apresentada ao MP pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). A esposa de José Robério, a deputada estadual Cláudia Oliveira (PSD) foi eleita em outubro para prefeita de Porto Seguro.

Governador inaugura Base Comunitária de Segurança - Em Vitória da Conquista.

O governador Jaques Wagner inaugurou na manhã de quarta-feira (28/11) no bairro Nova Cidade, em Vitória da Conquista, a 11ª base comunitária de segurança da Bahia, ao lado do secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa,  do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alfredo Castro e do prefeito Guilherme Menezes. Também estiveram presentes ao ato o secretário de Infraestrutura, vice-governador Oto Alencar, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Nilo e o secretário da Casa Civil, Rui Costa.
A base inaugurada   funciona no sistema de módulo habitável, até a construção da definitiva. Com 70 metros quadrados, ela é equipada para a função, climatizada e vai funcionar como a definitiva, com um efetivo de 80 policiais, radiopatrulhamento, com quatro viaturas e oito motos, e videomonitoramento, com dez câmeras. Segundo o secretário Maurício Barbosa,. “A base de segurança tem como objetivo fazer com que a polícia trabalhe em parceria com a comunidade, além de possibilitar ações nas áreas de saúde, esporte, emprego e renda”.
Na cerimônia em Vitória da Conquista foram entregues 27 novas viaturas para reforçar ações das polícias Civil, Técnica e Militar em 17 municípios. Na quinta-feira (29/11) o governador Jaques Wagner inaugura, a partir das 17h, em Ilhéus, sul da Bahia, o Departamento de Policia Técnica (DPT) e o Terminal Pesqueiro, entrega 48 novas viaturas para reforço da segurança na região e assina autorização para licitar a nova ponte Ilhéus–Pontal e cinco trechos de rodovias estaduais.

Morre o jornalista Joelmir Beting - Em São Paulo.

Morreu, à 0h55 desta quinta-feira (29/11), aos 75 anos, o jornalista Joelmir Beting, apresentador e mediador do dominical Canal Livre e comentarista do Jornal da Band, em São Paulo. No domingo (25), ele sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral) no Hospital Israelita Albert Einstein, na zona sul da capital paulista, onde estava internado desde o dia 22 de outubro, devido a uma doença autoimune que tinha nos rins. A morte foi comunicada pelo filho de Joelmir, o também jornalista Mauro Beting, que entrou ao vivo na Rádio Bandeirantes durante a madrugada e leu uma carta de homenagem ao pai.  Joelmir Beting foi um dos responsáveis pela introdução do jornalismo econômico no rádio, ainda nos anos 1970, e na televisão, na década seguinte.

Irmã e cunhado do deputado João Carlos Bacelar são liberados pela Justiça.









Lilian Silva Bacelar, de 32 anos, irmã do deputado federal João Carlos Bacelar e o marido dela, André Dumet Guimarães, 38, foram soltos no início da noite desta quarta-feira (28). Segundo a advogada do casal, Drª Fabiana Miller, a desembargadora do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Inês Maria Miranda, atendeu o seu pedido de habeas corpus para o casal. 
André estava detido na sede da Polinter, nos Barris e Lilian na Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca), em Brotas. Ambos são acusados pela polícia de tentar extorquir R$ 50 milhões do deputado federal João Carlos Bacelar, irmão de Lilian. O casal exigia parte do dinheiro referente à herança da família, ameaçando divulgar informações pessoais e profissionais obtidas clandestinamente do computador do parlamentar.

A polícia apurou que André instalou um programa para conseguir acesso remoto aos e-mails do deputado e passou a receber, em seu computador pessoal, todas as mensagens recebidas e enviadas por Bacelar a dezenas de pessoas. Vários documentos e e-mails impressos, além de computadores e pendrives, foram apreendidos no apartamento do casal, no bairro da Graça. Dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos na casa dos pais e de um irmão de André, localizados na Vasco da Gama e Pituba, respectivamente.

A irmã do deputado chegou a procurar uma revista de grande circulação nacional para fornecer informações, que, segundo ela, foram obtidas por meio dos e-mails do irmão, comprovando irregularidades na atividade parlamentar de João Bacelar. O deputado procurou à Polícia Civil e denunciou a invasão de sua conta de e-mail e manipulação de informações para prejudicá-lo. Laudos periciais comprovaram mais de 600 acessos indevidos à conta da vítima.

André Dumet vai responder pela interceptação indevida de e-mail e extorsão, enquanto Lilian responderá por co-autoria no crime de extorsão. A irmã do deputado federal já responde a um inquérito da Delegacia de Crimes Econômicos e Contra a Administração Pública (Dececap) por estelionato. Em 2011, a própria família de Lilian procurou a unidade especializada para denunciar o desvio de R$ 580 mil de uma conta da construtora Embratec, feito por Lilian, para uma conta em nome de André, seu companheiro. A Embratec é uma empresa da família.

Secretaria da Educação oferece mais 5.820 vagas em concursos técnicos - Na Bahia.

A Secretaria da Educação do Estado continua ampliando a oferta da Educação Profissional Técnica de Nível Médio, com mais 5.820 vagas no segundo semestre de 2012. A oferta de cursos regulares, com duração entre 1.040 e 4 mil horas, ocorre semestralmente por diferentes formas de articulação. Os cursos técnicos de nível médio e de qualificação profissional prepararam jovens e trabalhadores, de modo que atendam e se beneficiem do desenvolvimento socioeconômico e ambiental da Bahia.
Das 5.820 vagas ofertadas, 3.330 foram para o programa Proeja Médio, direcionado para egressos da escola pública que concluíram o ensino fundamental, mas que não continuaram os estudos no ensino médio. Foram contempladas com estas vagas pessoas maiores de 18 anos que poderão concluir o ensino médio em dois anos e meio e ainda receber o diploma de técnico de nível médio. Além destas, 240 vagas foram destinadas a pessoas com 18 anos ou mais que não concluíram o ensino fundamental e estavam fora da escola (Proeja Fundamental). Neste caso, vão fazer qualificação em quatro ocupações (arco ocupacional), elevar a escolaridade, concluindo o ensino fundamental (8ª série) e ter a possibilidade de continuar o ensino na Rede Estadual fazendo um curso técnico de nível médio.

Também foram ofertadas 2.250 vagas pela forma de articulação subsequente (Prosub), para quem já concluiu o ensino médio em escola pública e vai voltar para as salas de aula para fazer um curso técnico de nível médio. As vagas contemplaram estudantes que participaram do sorteio eletrônico realizado em dezembro de 2011 e indicaram no ato da inscrição a preferência por voltar a estudar no segundo semestre de 2012.

O superintendente de Educação Profissional, Almerico Lima, avalia que o Estado vem cumprindo seu papel em ampliar as oportunidades de formação dos jovens e trabalhadores. Ele destaca que os cursos são alinhados às demandas geradas pelo crescimento da Bahia. “A Rede Estadual de Educação Profissional da Bahia se tornou a terceira maior do País, segundo o Censo INEP/MEC. Isso demonstra o esforço que o Estado está fazendo para criar condições para estes jovens e trabalhadores aproveitem as oportunidades geradas pelo desenvolvimento da Bahia”, afirmou.

Almerico Lima destacou que as vagas foram direcionadas tanto para a capital quanto para o interior e estão sendo realizadas em Centros Estaduais e Territoriais de Educação Profissional e em unidades que ofertam Educação Profissional. “É uma opção do governo ampliar a oferta em Salvador, mas também interiorizar e democratizar o acesso à Educação Profissional em consonância com as demandas territoriais, cadeias e arranjos socioprodutivos locais”, acrescentou.

Duas pessoas morrem em acidente na BR-101 - Em Dom Macedo Costa.

Dois ocupantes de uma moto morreram após uma colisão frontal com uma carreta na tarde desta quarta-feira (28), na BR-101, nas proximidades do município de Dom Macedo Costa, localizado a 183 km de Salvador. Segundo informações do motorista da carreta, o condutor da moto teria invadido a contramão e provocado o acidente.

O corpo do motociclista, de prenome Lui, ficou carbonizado. Rosimeire dos Santos Araújo, de 24 anos, que estava na carona, também faleceu no local. Ela era namorada de Lui. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a colisão ocorreu quando a moto seguia em direção à Dom Macedo Costa, enquanto a carreta no sentido Salvador. Não havia carga no caminhão.

Com o acidente, o trânsito ficou lento no trecho por algumas horas. Os corpos foram levados para o Departamento de Polícia Técnica de Santo Antônio de Jesus. 

Hospital realiza nesta quinta-feira(29), teste rápido de HIV.

O Hospital das Clínicas participa da Campanha Mundial de Combate a AIDS com a realização do teste rápido para a população, nesta quinta-feira (29), das 8h às 15h no estacionamento do Hospital. O objetivo é ampliar o acesso ao teste rápido, uma ferramenta confiável e de boa adesão. 

O teste rápido necessita de apenas uma gota de sangue para análise. Antes e após todo o processo, é feito um trabalho de aconselhamento, com orientações de medidas preventivas e outras informações sobre a doença. O resultado do exame sai em cerca de 30 minutos e, em caso de positividade, imediatamente a pessoa será encaminhada a um serviço especializado no tratamento.

Profissionais de saúde estarão no local dando informações à população, com distribuição de camisinhas e panfletos educativos.Aratuonline


Por decisão do Supremo, 13 réus do mensalão irão para a prisão.

O STF (Supremo Tribunal Federal) concluiu nesta quarta-feira (28) a definição das penas para os 25 réus condenados no processo do mensalão e 13 deles irão para a prisão, incluindo o ex-ministro José Dirceu. Penas superiores a oito anos devem ser cumpridas em regime fechado.

Entre quatro e oito anos, as penas são cumpridas em regime semiaberto e o condenado volta para dormir na prisão. Quando forem inferiores a quatro anos, podem ser substituídas por penas alternativas, como pagamento de salário mínimo e perda de direito político. A fase para fixação das punições consumiu dez sessões da Corte. Dos 37 réus da ação penal, 12 acabaram absolvidos.

REGIME FECHADO

José Dirceu
Ex-ministro da Casa Civil no governo Lula, José Dirceu foi condenado a dez anos e dez meses de prisão pelos crimes de corrupção ativa e formação de quadrilha. Ele terá ainda de pagar multa de R$ 676 mil. Dirceu começará a cumprir a pena em regime fechado, mas poderá pedir a progressão de regime após 1/6 da pena, ou 1 ano e 9 meses. "Os motivos que o conduziram [Dirceu] a praticar o crime de corrupção ativa são extremamente graves. O crime foi praticado porque o governo federal não tinha a maioria na Câmara dos Deputados e o fez por meio da compra dos votos, por meio da compra dos líderes [dos partidos]", afirmou Joaquim Barbosa à época da fixação da pena.

Delúbio Soares
O ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares foi condenado a oito anos e 11 meses de prisãopelos crimes de corrupção ativa e formação de quadrilha, além de multa de R$ 300 mil. "[Delúbio era] incumbido de indicar a Marcos Valério quem, quando e quanto deveria ser pago a título de propina, para efeito de corrupção no Legislativo. [Era] Estreitamente ligado a José Dirceu, comandante dessa epopeia", disse o relator.

João Paulo Cunha
O deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP) foi condenado a nove anos e quatro mesesde prisão pelos crimes de corrupção passiva, peculato (desvio de recursos públicos) e lavagem de dinheiro. Com isso, o réu terá de cumprir a pena em regime fechado, já que a condenação foi maior do que oito anos. Ele também terá de pagar multa de R$ 360 mil.

Marcos Valério
Acusado de ser o operador do mensalão, o publicitário Marcos Valério deve ser condenado a40 anos, um mês e seis dias de prisão pelos crimes de corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e evasão de divisas. Além do tempo de prisão, ele terá de pagar uma multa de R$ 2,78 milhões. A Suprema Corte ainda precisa proclamar o voto sobre a sua dosimetria (cálculo das penas).

Ramon Hollerbach
Ex-sócio de Valério, Ramon Hollerbach foi condenado por evasão de divisas, corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. A pena total ficou em 29 anos, sete meses e 20 dias e uma multa total de R$ 2,8 milhões.

Cristiano Paz
O publicitário Cristiano Paz, também ex-sócio de Valério, foi condenado a 25 anos, onze meses e 20 dias de prisão pelos crimes de formação de quadrilha, corrupção ativa, peculato e lavagem de dinheiro. Além disso, ele terá de pagar uma multa de aproximadamente R$ 2,5 milhões. Para o relator, Joaquim Barbosa, Paz participou de "toda uma parafernália, um mecanismo bem azeitado de desvio de recursos públicos".

Simone Vasconcelos
Ex-funcionária de Valério na agência SMP&B, Simone Vasconcelos foi condenada a 12 anos, sete meses e 20 dias pelos crimes de lavagem de dinheiro, corrupção ativa e evasão de divisas. Ela também foi condenada a um ano e oito meses por formação de quadrilha, mas a pena prescreveu. Ao todo, a ré também foi multada em R$ 374 mil.

Rogério Tolentino
Advogado de Valério e acusado de receber empréstimos fictícios que abasteceram o mensalão, Rogério Tolentino foi condenado a 8 anos e 11 meses de prisão, mais multa de R$ 404 mil, pelos crimes de lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e corrupção ativa.

Kátia Rabello
Ex-presidente do Banco Rural, Kátia Rabello teve a sua pena fixada em 16 anos e oito meses de prisão pelos crimes de lavagem de dinheiro, formação de quadrilha, gestão fraudulenta e evasão de divisas, além de multa que passa de R$ 1,5 milhão. Na época do mensalão, ela dirigia a instituição que, segundo a decisão do Supremo, colaborou para que o grupo de Marcos Valério fizesse pagamentos a parlamentares e pudesse ocultar a origem ilícita do dinheiro público desviado.

José Roberto Salgado 
O ex-vice-presidente do Banco Rural José Roberto Salgado foi condenado a 16 anos e 8 meses de prisão e multa de R$ 926.400 pelos crimes de formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e gestão fraudulenta.

Vinícius Samarane
O terceiro réu do núcleo financeiro condenado no processo do mensalão, Vinícius Samarane, ex-vice-presidente do Banco Rural, foi condenado a 8 anos, 9 meses e 10 dias de reclusão. Ele também deverá pagar multa no valor de R$ 552.000 (os valores ainda deverão sofrer correção monetária).

Henrique Pizzolato
O ex-diretor de marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato recebeu uma pena total de 12 anos e 7 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro e também deverá cumprir ao menos parte da pena na cadeia.

Pedro Corrêa
O deputado cassado Pedro Corrêa (PP-PE) foi condenado a 9 anos e 5 meses de prisão e multa de R$ 1,08 milhão no julgamento do mensalão. Ele teria recebido, junto a outros parlamentares, R$ 2,9 milhões para votar a favor de matérias do interesse do governo federal durante o primeiro mandato de Luiz Inácio Lula da Silva.

REGIME SEMIABERTO

José Genoino
O ex-presidente do PT José Genoino recebeu pena de seis anos e 11 meses, mais R$ 468 mil pelos crimes de formação de quadrilha e corrupção ativa e poderá cumprir a pena no regime semiaberto, que é aplicado para penas entre quatro e oito anos. Segundo o relator Barbosa, Genoino “utilizou a estrutura e o poder do partido que presidia para, juntamente com seu tesoureiro Delúbio Soares e o réu Marcos Valério, distribuir recursos em valores extraordinariamente elevados, em espécie, destinados à compra de votos".

Roberto Jefferson
O ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ), delator do esquema do mensalão e atual presidente licenciado do PTB, foi condenado a 7 anos e 14 dias por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, mais pagamento de multa no valor de R$ 688,8 mil. Os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) decidiram levar em conta a contribuição de Jefferson ao revelar detalhes do escândalo e diminuíram sua pena. Com isso, em vez de regime fechado, o ex-deputado cumprirá pena no semiaberto -- pela lei, penas maiores que oito anos são cumpridas em regime fechado. Ele teve seu mandato de deputado federal cassado, em 2005, pela participação no escândalo.

Valdemar Costa Neto
O deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP) foi condenado a 7 anos e 10 meses de prisão, além de multa de R$ 1,08 milhão. Para o relator, Costa Neto negociou e vendeu apoio de seu partido e ainda o beneficiou na Câmara. "O réu [Costa Neto] profissionalizou o modo de recebimento da propina". O atual deputado federal era presidente do PL (atual PR) e líder da bancada do partido na Câmara do Deputados. Ele foi absolvido por formação de quadrilha, pelo empate nos votos dos ministros. O deputado teria recebido R$ 8,8 milhões para votar a favor de matérias do interesse do governo federal. 

Bispo Rodrigues
Carlos Alberto Rodrigues, conhecido na época do mensalão como Bispo Rodrigues, do PL (atual PR), foi condenado a pena em regime semiaberto foi de 6 anos e 3 meses e multa de R$ 696 mil. Ele foi acusado de receber R$ 150 mil para votar em reformas de interesse do governo federal, em dezembro de 2003, durante o governo Lula.

Romeu Queiroz
O ex-deputado federal Romeu Queiroz (PTB-MG) foi condenado a 6 anos e 6 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, além de multa no valor de R$ 792 mil. Ele é acusado de ter viabilizado pagamento de R$ 4,5 milhões para o ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB), delator do mensalão, para que votasse a favor de matérias do interesse do governo Lula. Queiroz teria recebido, em proveito próprio, quantia de R$ 102 mil.

Pedro Henry
O deputado Pedro Henry (PP-MT) foi condenado a 7 anos e 2 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro por conta da sua participação no esquema do mensalão. Ele também foi condenado a pagar R$ 888 mil em multa. Henry também foi denunciado por formação de quadrilha, mas acabou sendo absolvido deste delito. Segundo entendimento dos magistrados, Henry teria recebido, junto a outros parlamentares, R$ 2,9 milhões para votar a favor de matérias do interesse do governo federal no primeiro mandado de Lula.

Breno Fischberg
Ex-sócio da corretora Bônus-Banval, usada por parlamentares do PP para lavar dinheiro do esquema do mensalão, Breno Fischberg foi condenado a 5 anos e 10 meses de reclusão pelo crime de lavagem de dinheiro, além de R$ 528 mil de multa. Ele deve cumprir a pena no regime semiaberto, indo para a cadeia apenas para dormir.

Enivaldo Quadrado
O outro ex-sócio da corretora, Enivaldo Quadrado, foi condenado por formação de quadrilha e lavagem de dinheiro e a sua pena alcançou 5 anos e 9 meses, mais multa de R$ 26.400 e ele também poderá cumpri-la no regime semiaberto.

Jacinto Lamas
O ex-tesoureiro do PL (atual PR) Jacinto Lamas foi condenado por lavagem de dinheiro a 5 anos de prisão, mais R$ 240 mil de multa, e por corrupção passiva a 1 ano e 6 meses. No entanto, a pena por corrupção já está prescrita.

João Cláudio Genú
Ex-assessor do PP na Câmara, João Cláudio Genú recebeu a pena de 7 anos e 3 meses, mais 200 dias-multa, equivalente a R$ 480 mil, por formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. Ele também foi condenado por corrupção passiva, mas, como a pena foi de 1 ano e 6 meses, já está prescrita. Genú teria sido beneficiado pelo esquema entre o Banco Rural e a empresa SMP&B, de Valério. Seria ainda o responsável por intermediar pagamentos a deputados do PP. Junto a eles, teria recebido cerca de R$ 4 milhões de propina.

PENA RESTRITIVA DE DIREITO

José Borba
O ex-deputado José Borba foi condenado a 2 anos e 6 meses de prisão pelo crime de corrupção passiva. Como a pena dá direito ao regime aberto, os ministros decidiram substitui-la por uma pena alternativa. Assim, Borba foi agora condenado ao pagamento de 300 salários mínimos, dinheiro destinado a entidade sem fins lucrativos, e à perda de direitos políticos -- os ministros determinaram a interdição temporária de direito político pelo prazo da pena privativa de liberdade (2 anos e 6 meses) a que foi condenado o réu, bem como a proibição do exercício de cargo ou atividade pública e perda de mandato eletivo. Como Borba atualmente é prefeito de Jandaia do Sul (PR) pelo PP, os ministros ainda devem decidir se ele perderá o mandato imediatamente ou se apenas após o trânsito em julgado da sentença. O mandato de Borba se encerra em dezembro.

Emerson Palmieri
Após ter a sua pena por corrupção passiva prescrita, o ex-tesoureiro informal do PTB Emerson Palmieri foi condenado a quatro anos de prisão por lavagem de dinheiro, mais 190 dias-multa. No entanto, como, pela lei, penas de até quatro anos devem ser cumpridas em regime aberto, os magistrados decidiram substituir a pena dele por duas penas restritivas de direito: a proibição de ser nomeado para cargos públicos e o pagamento de 150 salários mínimos para uma instituição sem fins lucrativos.
 Fonte:  UOL

Zeca Baleiro apresenta show de lançamento do novo cd - Em Salvador.

Zeca.

O cantor e compositor Zeca Baleiro vem a Salvador apresentar o show de lançamento do seu 9º CD de músicas inéditas, “O Disco do Ano”. A festa acontece na Concha Acústica, dia 16 de dezembro, às 19h. Os ingressos custam R$ 80,00 (inteira) e R$ 40 (meia).

Com repertório baseado no CD, Baleiro destaca canções como “Nada Além” (Frejat e ZB), “Tattoo” (ZB), “Último Post” (ZB e Lúcia Santos), “Ela Não se Parece com Ninguém” (ZB) e “Calma Aí, Coração” (Hyldon e ZB). O cantor ainda recupera algumas faixas menos conhecidas de discos anteriores, como “Mundo dos Negócios” e “Comigo”; e faz releituras de Marina Lima e Martinho da Vila.

Lançado em abril, o novo disco tem 12 faixas, todas inéditas, à exceção de "Nada Além", parceria com Frejat gravada por ele no cd "Intimidade entre Estranhos". “O Disco do Ano” ainda traz parcerias com Hyldon, Lúcia Santos (irmã de Baleiro), Kana (compositora japonesa) e Wado; e as participações especiais de Margareth Menezes, Andreia Dias e Chorão.

Na produção do cd, Baleiro também resolveu ter diversos parceiros. Ao todo foram 15 produtores, já que em alguns casos são dois produzindo uma mesma faixa. A capa do cd também foi produzida em parceria, desta vez com o público, que escolheu entre três opções colocadas em votação no site www.zecabaleiro.com.br, que entrou no ar em janeiro e mostrou os bastidores da produção do cd, com pequenos vídeos e mensagens de Baleiro, postadas diariamente até a data de lançamento.

A capa do cd, assinada por Gilson Braga e Marcos Hermes, foi indicada ao VMB 2012 na categoria Melhor Capa. Em outubro, “O Disco do Ano” foi lançado em LP, com a segunda capa mais votada pelo público.

Serviço:

Zeca Baleiro no lançamento “O Disco do Ano”
Data – 16/12
Local – Concha Acústica
Hora – 19:00
Informações – 3117 4899
Vendas a crédito – TCA e SAC’s Barra e Iguatemi
Preço: R$80,00 inteira e R$ 40 meia
Realização – Iris Produções

Justiça aciona prefeito por improbidade administrativa - Em Lençóis.

Marcos A. A. de Araújo - Prefeito.

O Ministério Público Federal (MPF) em Irecê ajuizou ação de improbidade administrativa contra o prefeito de Lençóis, município localizado a 410 km da Salvador, e dois empresários baianos, por fraude em licitação para contratação de transporte escolar nos exercícios de 2010 e 2011.

A ação, de autoria do procurador da República Samir Nachef Júnior, aponta diversas irregularidades no procedimento licitatório, a começar pelo valor pago à empresa contratada para a execução do serviço, bastante superior ao praticado no mercado, causando prejuízo aos cofres públicos. Além disso, a prefeitura homologou diretamente o contrato, sem o prévio parecer da Procuradoria do Município. 

De posse de documentação fornecida pela prefeitura de Lençóis, o MPF apurou que apenas duas empresas participaram da licitação para prestação do serviço no ano de 2011. Um dos acionados pelo MPF constou, segundo a ata do pregão nº 005PRP/2011, como representante da empresa desclassificada por não apresentar a documentação exigida no edital. No entanto, as investigações apontam que não há nenhum documento que comprove o vínculo entre ele e a empresa perdedora. Contatado pelo MPF, o administrador desta empresa informou que a organização nunca participou de licitações promovidas pela prefeitura de Lençóis e negou conhecer o homem que se passou pelo representante da pessoa jurídica.

Durante as investigações, o MPF constatou que o suposto representante da empresa que perdeu a licitação é proprietário de uma locadora de veículos pertencente ao mesmo grupo empresarial da organização vencedora, cujo representante é o outro empresário acionado pelo órgão. Segundo o procurador Samir Nachef, o fato comprova a ligação entre os dois acionados, comprometendo o caráter competitivo do procedimento licitatório.

Pelo ato de improbidade administrativa os acusados, se condenados, terão que ressarcir o dinheiro público, podem ter os direitos políticos suspensos de três a cinco anos, pagar multa de até duas vezes o valor do dano e proibição de contratar com o poder público.
 Fonte: Ascom MPF Bahia

Saeb divulga locais de prova do concurso da Polícia Militar.

A Secretaria da Administração (Saeb) publica nesta quinta-feira (29), no Diário Oficial do Estado (DOE), o edital de convocação para realização das provas objetiva e discursiva do concurso da Polícia Militar. O certame, que tem objetivo de prover 2 mil vagas para os cargos de Soldado e Bombeiro da PM, é organizado pela Fundação Carlos Chagas (FCC). As provas serão aplicadas no dia 9 de dezembro, no período da manhã, com abertura dos portões às 8h e fechamento às 8h30. O edital de convocação também está disponível também no Portal do Servidor (www.portaldoservidor.ba.gov.br) e no site da FCC (www.concursosfcc.com.br).

Dentre as informações, o edital também traz orientações sobre locais de prova, recomendações sobre como o candidato deve se portar e qual a documentação necessária. As provas serão aplicadas em 120 escolas, universidades e colégios estaduais, além de faculdades e órgãos públicos situados em Salvador (37) e nas cidades de Juazeiro (20), Feira de Santana (18), Ilhéus (13), Vitória da Conquista (10), Barreiras (12), Itaberaba (8) e Itabuna (2), de acordo com a opção da Região de Classificação - Município/Sede e Sexo, indicados no momento da inscrição.

Os inscritos terão cinco horas para responder as questões da prova objetiva de conhecimentos gerais e da prova discursiva. Além da redação, serão 80 questões das áreas de Português, Raciocínio Lógico, História, Geografia e Atualidades, Noções de Direito Constitucional, Administrativo e Penal, Direitos Humanos e Noções de Igualdade Racial e Gênero. 

É necessário comparecer no dia da prova portando documento de identificação oficial com foto, caneta esferográfica transparente de tinta preta, lápis preto N°2 e borracha. Também é aconselhável portar o Cartão Informativo. É vetado ao candidato o uso de equipamentos eletrônicos de comunicação, como celulares, notebooks e palmtops, entre outros. Pertences pessoais, como óculos escuros, bolsas, sacolas, bonés e similares deverão ser acomodados em local indicados pelos fiscais.  

Além do concurso da PM, o Estado trabalha na realização dos concursos para provimento de cargos da Secretaria do Meio Ambiente e do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sema/Inema) e da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI). Ao todo, os três certames totalizam 2.209 novas vagas para ingresso na administração pública estadual.Aratuonline