Páginas

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Acusado de tentar matar a esposa é condenado a prisão - Em Lauro de Freitas.

O professor de educação física Adalberto França Araújo Filho, 39 anos, foi condenado a seis anos e três meses de prisão em julgamento realizado no fórum de Lauro Freitas nesta terça-feira (27). Ele foi considerado culpado pela tentativa de homicídio de sua esposa à época, a assistente social Luciana Brasileiro Lopo. O crime foi cometido em 26 de junho de 2009, dentro da residência do casal, em Villas do Atlântico, Lauro de Freitas.

Em contato com o Aratu Online, o advogado de defesa de Luciana, Dr. Antônio Marcos, afirmou que vai recorrer da sentença. “Não estamos satisfeitos com o resultado do julgamento e vamos entrar com recurso para resolver esta situação”, disse. Segundo o advogado, ele será encaminhado para o Complexo Penitenciário da Mata Escura, onde estava preso aguardando o julgamento. 

De acordo com a polícia, na época do crime Adalberto amarrou a companheira na cama do casal e derramou leite quente em suas costas e pescoço. Depois, com uma faca, fez diversos cortes no corpo e no rosto de Luciana, além de quebrar o seu pulso. Após atirar na mulher, atingindo-a no pé, ele fugiu do local do crime num veículo Renault Clio de placa JPH-7449, registrado em nome de Luciana.

A assistente social foi levada para o Hospital Geral do Estado (HGE), sendo depois transferida para o Hospital Espanhol, onde foi medicada. Testemunhas ouvidas pelas autoridades no período das investigações informaram que o lutador agredia frequentemente a companheira, com quem convivia há três anos. Apesar disso, ela nunca registrou queixa na polícia.Aratuonline

Nenhum comentário:

Postar um comentário