Páginas

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Baleado com torcedor corintiano recebe alta e vai preso - Em Santo Estevão.

Fotos: Ed Santos e Aldo Matos

O colega do torcedor corintiano que foi baleado em uma troca de tiros com a polícia teve alta do Hospital Geral do Estado (HGE) e foi encaminhado ao Presídio de Feira de Santana, a 108 km de Salvador.

Alex Nascimento da Silva e Raphael Machado Castilho de Araujo, um dos torcedores do Corinthians preso na Bolívia após a morte de um adolescente em um jogo realizado pela Libertadores no estádio Jesús Bermúdez, na cidade de Oruro, estavam a bordo de uma motocicleta, quando foram abordados durante uma blitz no centro de Santo Estevão. Eles atiraram contra os policiais, que revidaram. Segundo a polícia, os envolvidos abandonaram o veículo e fugiram, mas, próximo ao cemitério velho, foram alcançados, presos e socorridos.

Na busca realizada nos pertences da dupla, além de um revólver especial calibre 38, com cinco cartuchos deflagrados e dois intactos, os policiais encontraram documentos que identificam Rafael como um dos torcedores da Gaviões da Fiel presos na Bolívia.

Raphael permanece internado no Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana. Em entrevista a uma rádio local, Raphael disse que veio morar com o avô em Santo Estevão, após brigar com a família em São Paulo, mas pouco tempo depois também saiu da casa do avô e foi morar de aluguel. No município, ele conheceu Alex Nascimento da Silva, 21 anos, que segundo ele, o chamou para fazer um assalto. 

“Aluguei uma casa, mas não tinha dinheiro para comer, por isso me envolvi com coisa errada. Eu não consegui arranjar um emprego e o Alex, que eu conheci há três semanas, me chamou para fazer o assalto. A arma era do Alex. Eu não tinha arma, ele que me chamou em casa pra fazer o assalto e eu com a cabeça fraca fui. Nunca havia cometido nenhum crime”, disse Raphael para a rádio. 

Ele contou ainda que ficou desesperado ao ver a blitz da Polícia Militar, pois estava armado e com uma moto roubada. Por isso, ele atirou contra os policiais.



Nenhum comentário:

Postar um comentário