Páginas

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Marcelo Nilo nomeia 'paquera' da filha como subprocurador-geral da Assembleia.

Foto: Blog Vandinho Maracas.
O deputado Marcelo Nilo (PDT), presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, nomeou Marcelo Dantas Veiga, 23 anos, como subprocurador-geral da Casa, no último dia 31 de agosto, pouco mais de um mês após o rapaz receber o diploma de Direito, na Unijorge, informa a coluna Satélite, do jornal Correio, nesta sexta-feira (27). Ele é namorado de uma das filhas do deputado, Natália Nilo. Ou “paquera”, como definiu o presidente da AL-BA. “É uma paquera, namorar não sei se namora ainda. É paquera de minha filha, mas não tem nada a ver, pô! O cara é advogado, o cargo é de confiança minha, não tem problema nenhum”, afirmou o pedetista à publicação. 

De acordo com Nilo, não há nepotismo no caso, pela ausência de vínculo formal entre o casal. De acordo com Lei nº 9.425/05, o ocupante do cargo deve ter “reconhecido saber jurídico e reputação ilibada”. “Conheço ele há muitos anos, passou na prova da OAB antes de se formar. Tem gente que se forma e não consegue. É um menino muito bom, um advogado muito preparado”, respondeu o deputado, ao comentar a ausência de ações na Justiça da Bahia nas quais o “genro”, conhecido como Marcelinho, conste como advogado da parte. 

Segundo a coluna, a prática não é novidade no clã Nilo. Entre 2008 e 2011, quem desempenhava a função de subprocurador da Assembleia Legislativa era o advogado Marcos José Ataíde. Ele foi exonerado no mês em que casou-se com Renata Nilo, cuja pré-candidata a deputada estadual foi lançada recentemente pelo pai.Fonte:Bahia Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário