Páginas

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Polícia mantém buscas por baiana que desapareceu em Macaé-RJ.

Fotos de Paloma Kali

A polícia de Macaé, município do Rio de Janeiro, mantém as buscas pela baiana Paloma Kali, 28 anos, que desapareceu misteriosamente no último sábado (21), quando se dirigia para uma padaria. Em contato com o Aratu Online o marido dela, Raoni Alves, disse que as autoridades ainda não têm novidades sobre o caso. “Entro em contato com eles todos os dias, mas, até agora, eles não me passaram nada”, falou. O próprio Raoni identificou a mulher em imagens registradas pelas câmeras de segurança da cidade. “Algumas pessoas informaram que ela tinha sido vista em outra padaria, na rua Velho Campos, e eu confirmei o fato", disse. 

Raoni contou ainda que eles e o filho, de quatro anos, se dirigiam a uma padaria da cidade, quando Paloma resolveu que não queria mais ir de carro. “Fui tirar o nosso filho do veículo e pegar os documentos e ela foi andando na frente. Quando chegamos ao local, ela não estava mais lá”. Segundo ele, Paloma já vinha apresentando um comportamento estranho nos últimos dias. “Ela está com um quadro que eu não sei bem explicar, mas estava estranha. Além disso, ela começou com essas conversas de que queria ser livre, sair sem lenço e sem documento”, disse.

Raoni Alves

A família, que é de Salvador, mora em Macaé há dois anos e meio, onde Raoni atua como geofísico na Petrobras. O casal está junto há sete anos e, segundo o marido, eles têm uma ótima relação. “Nos damos muito bem. Não houve nenhuma discussão entre nós. Além disso, acho que se ela estivesse insatisfeita com alguma coisa, sentaria comigo e nos conversaríamos. E mais importante, tem o nosso filho. Tenho certeza que ela não o deixaria dessa forma, já que é muito apegada a ela”, desabafou. 

A mãe de Paloma, Bárbara Bittner, e outros familiares, que vivem em Salvador, viajaram para Macaé para ajudar nas buscas. Raoni contou ainda que a população da cidade está mobilizada na tentativa de encontrar sua esposa. “Tenho conhecido várias pessoas nesses dias, independente de religião, crença, todos tem se colocado à disposição para nos ajudar”, finalizou. 

Fotos: Reprodução Facebook


Nenhum comentário:

Postar um comentário