Páginas

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Telefônica não poderá controlar Vivo e TIM no Brasil, diz ministro.

O ministro Paulo Bernardo (Comunicações) disse nesta terça-feira (24) que a Telefônica não pode ter, no Brasil, o controle sobre a Vivo e a TIM ao mesmo tempo. Segundo ele, do ponto de vista da legislação brasileira, isso representaria uma concentração "muito grande na mão de um grupo" e diminuiria a concorrência no mercado. "O que é uma coisa muito negativa", afirmou. Segundo a Folha, a Telefônica divulgou nesta terça, na Europa, um fato relevante em que anuncia aumento de sua participação na Telco, controladora da Telecom Italia. 

Isso representa, que o grupo espanhol, que aqui no Brasil controla a Vivo, agora terá 66% da Telecom Italia, e não mais 46%. Sobre a venda da TIM, Bernardo disse que a operação poderia ocorrer em uma prazo de um ano. Além disso, Vivo, Oi, Claro e Nextel não poderiam fazer a compra, porque isso também prejudicaria a concorrência no setor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário