Páginas

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Major que dançou o Lepo Lepo defende aproximação entre PM e comunidade.

O major Enéas Estrela, que ficou conhecido pela população de Salvador após aparecer em um vídeo dançando a coreografia da música "Lepo Lepo", esteve hoje na TV Aratu e concedeu uma entrevista ao Aratu Online comentando a reação que a divulgação do vídeo teve na cidade. Segundo o major, as imagens foram feitas na última quarta-feira (19) durante a apresentação do plano de carnaval para os policiais militares que atuam na festa momesca. Ainda de acordo com Estrela, após a apresentação, houve uma confraternização onde se apresentam o Grupo de Teatro da Polícia Militar e artistas consagrados do carnaval de Salvador. 

Na oportunidade, a cantora Carla Cristina estava fazendo um show quando, no final da apresentação, disse que só cantaria a última canção, no caso o Lepo Lepo, se o major, que estava sentado próximo ao palco, subisse para dançar. Estrela conta que, neste momento, houve uma grande comoção dos cerca de três mil policiais que estavam no local para que ele aceitasse o convite de Carla Cristina. 

Segundo o major, naquele momento a tropa estava participando de uma confraternização e, por este motivo, ele aceitou o convite. Ele ainda disse que se estivesse em serviço na rua a situação seria completamente diferente e não caberia um comportamento descontraído como o realizado no evento. Ainda de acordo com Estrela, situações como esta são importantes para que os policiais possam despertar o espírito do carnaval e entrar na sintonia da comunidade que irão proteger. "Se a divulgação das imagens foi feita com o objetivo de me prejudicar ou de prejudicar a corporação, o 'tiro saiu pela culatra' porque o mundo ficou ciente do espírito positivo que toma conta dos policiais que são responsáveis pela segurança do carnaval", disse o major.

Ainda segundo Estrela, "quando a PM passa a vivenciar o sentimento de alegria dos foliões, ela passa a lidar melhor com seus problemas e buscar melhores soluções". 

O major Enéas Estrela tem 25 anos de carreira militar e, atualmente, coordena o policiamento de uma das áreas mais complexas de salvador, no que diz respeito à criminalidade. Estrela é comandante da 23ª Companhia Independente da Polícia Militar de Tancredo Neves e atua em áreas como Arenoso, Lajinha e Engomadeira. Segundo o major, esta foi a companhia que mais realizou prisões no ano de 2013, além de ter reduzido todos os índices de criminalidade na região.


Nenhum comentário:

Postar um comentário