Páginas

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Crateras misteriosas continuam a surgir na Sibéria.

Você se lembra das crateras misteriosas que apareceram na Sibéria em julho do ano passado? Pois elas não pararam de aparecer, segundo os cientistas revelaram nesta terça-feira. Quatro enormes buracos foram vistos em diferentes lugares e a causa para o fenômeno ainda não foi descoberto. As informações são do IFL Science.
As crateras têm despertado interesse de geólogos internacionais – que buscam organizar próximos passos para as pesquisas sobre a origem do mistério.
“Nós sabemos de sete crateras existentes na área. Cinco estão na península de Yamal, uma no distrito autônomo de Yamal e outra está no norte de Krasnoyarsk – perto da península de Taimyr. Nós sabemos a localização exata de quatro delas, as outras três foram vistas por pastores. Mas tenho a certeza que há mais crateras em Yamal, só precisamos procurá-las. Gostaria de comparar este fenômeno com cogumelos: quando você encontrar um cogumelo, certifique-se há mais ao redor. Acho que pode haver mais 20 ou 30 crateras”, afirmou Vasily Bogoyavlenskym, da Academia Científica Russa.
O grande problema envolvido no mistério é que a pesquisa e exploração podem ser perigosos para os cientistas, uma vez que as crateras estariam liberando gases por longos períodos de tempo. Os buracos chegam a ter 70 metros de profundidade com um diâmetro de 600 metros. Foto: IFL Science / Reprodução



Nenhum comentário:

Postar um comentário