Páginas

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Mãe quer direito de dar à luz bebê de sua filha morta há 4 anos.

Pela primeira vez no mundo, uma mulher realiza um pedido na justiça para dar à luz bebê de sua filha morta. A britânica, de 59 anos, e seu marido, de 58, pretende alegar que o último desejo de sua filha seria fertilizar seus óvulos com esperma de um doador e implantá-los no útero da mãe. Vítima de câncer no intestino, a jovem morreu há quatro anos, quando tinha 20 anos de idade. Essa é a única possibilidade para o casal se tornar avós, já que tiveram apenas uma filha. 

No entanto, nenhuma clínica do Reino Unido se comprometeu a realizar o procedimento. Por esse motivo, os óvulos serão exportados para Nova York, onde uma clínica deve oferecer o tratamento de fertilidade por aproximadamente R$ 263 mil. Mesmo assim, há chances de insucesso, por conta da idade avançada da mulher. O casal aguarda apenas a autorização de um juiz.Foto:Getty Imagem

Nenhum comentário:

Postar um comentário