Páginas

terça-feira, 30 de junho de 2015

Tio e sobrinho são presos suspeitos de praticar duplo homicídio - Em Paulo Afonso.

Aberaldo Gomes de Melo, o “Junior Babão”, e Vanderlan Monteiro de Melo, tio e sobrinho, respectivamente, foram presos, nesta terça-feira (30), por equipes da 18ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) e Delegacia Territorial (DT), ambas em Paulo Afonso. Segundo a polícia, eles tinham mandados de prisão preventiva em aberto, por um duplo homicídio, praticado no dia 23 de junho.

Tio e sobrinho são suspeitos de assassinar os irmãos Cícero e Matheus Pereira dos Santos, crime cuja motivação ainda é investigada. Segundo o delegado Cláudio Humberto Brasil, titular da DT/Paulo Afonso, as vítimas eram usuárias de drogas e costumavam comprar drogas de um traficante rival de Aberaldo e Vanderlan.

Um revólver calibre 38, municiado, que estava escondido embaixo de um fogão, na casa de Aberaldo, foi apreendido e passará pelo exame de microcomparação balística, no Departamento de Polícia Técnica (DPT), para confirmar se foi a mesma arma usada no duplo homicídio. Aberaldo e Varderlan já foram encaminhados ao Presídio Regional de Paulo Afonso.Fonte:Acorda Cidade


Suspeito de estuprar criança de 9 anos é preso após ser espancado por populares - Em F. de Santana.


Um homem foi preso na manhã desta terça-feira (30) suspeito de ter estuprado uma criança de 9 anos no bairro Mangabeira, em Feira de Santana. Paulo Reis dos Santos, 37 anos, frequenta uma igreja evangélica, que a vítima também frequenta, no mesmo bairro.
Policiais militares da viatura Sertão 21 da 66ª CIPM, sob o comando do Soldado Danilo Santos, recebeu um comunicado do Cicom de que um homem estava sendo espancado por populares daquele bairro. Ao chegar, encontrou o suspeito com o nariz e a boca sangrando.

Paulo Santos foi socorrido pelos policiais para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) e, após receberatendimento, foi encaminhado à Delegacia para o Adolescente infrator (DAI), onde foi autuado em flagrante pela delegada Milena Calmon.
Ao Acorda Cidade, Paulo Santos negou a acusação. Ele disse que o menino sempre ia à casa dele após os cultos e que os pais da criança não sabiam.

“Ele falou que eu fiz, só que eu não fiz nada. Ele queria que eu fizesse. O errado foi eu que aceitei ele na minha casa, mas não fiz nada. Ele ia na minha casa de noite quando acabava o culto e me pediu para não falar com a mãe dele. Outras pessoas da igreja também iam na minha casa após o culto para tomar café. Sou evangélico da igreja pentecostal no bairro Mangabeira”, afirmou.

Já em depoimento para a delegada Milena Calmon, o suspeito confirmou que praticava o crime. Ela afirma que não há dúvidas de que houve o abuso.
“Ele foi apresentado em flagrante, ouvimos a vítima, que contou detalhadamente a ação criminosa e, ao ser interrogado, o suspeito confirmou a versão da vítima e admitiu ter abusado da criança. O que se percebe é que a criança já estava acostumada. Foram mais de quatro relações e o menino já encarava como uma coisa normal, mas sem dúvida houve o abuso”, afirmou.

A mãe da vítima, de acordo com a delegada, compareceu à delegacia desesperada e chorando muito, onde contou como descobriu que o filho estava sendo abusado.
“Ela teria descoberto através da própria da vítima, que teria chegado por volta das 22h de ontem em casa sem o sapato, após voltar da igreja. A mãe indagou onde estava o sapato e de quem era a sandália que ele estava usando. A vítima informou que era do Paulo. A mãe o pressionou e ele acabou dizendo o que aconteceu”, relatou a delegada, acrescentando que o suspeito será encaminhado ao presídio regional de Feira de Santana.

A pastora Maria Santos esteve na delegacia e confirmou que Paulo Reis dos Santos frequentava a igreja. Ela disse que nunca desconfiou do comportamento dele e informou que o suspeito tem problemas mentais.
“No momento ele não estava frequentando meu ministério. Ele está em outra igreja. Fiquei surpresa, pois conheço Paulo há mais de 10 anos. Ele tem problemas mentais. A igreja não sabe nem o que falar diante dessa situação. Ele conhece a palavra do Senhor, sabe que isso não agrada. Isso não vem de Deus. A gente sofre, mas não pode fazer nada. A palavra de Deus diz que a gente tem que pagar pelo que faz. Quando eu soube fiquei desesperada”, lamentou. As informações são do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade



Justiça Federal determina que SUS distribua remédio para tratamento do fígado.

A Justiça Federal em São Paulo determinou o fornecimento do aspartato de ornitina pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O medicamento é recomendado para o tratamento de encefalopatia hepática. A síndrome é responsável pelo mau funcionamento do fígado, comprometendo as funções cerebrais. O parecer da juíza Renata Coelho Padilha, da 2ª Vara Federal Cível da capital paulista, obriga o que governo do Estado e a União garantam o remédio para os pacientes. 

De acordo com o Ministério Público Federal, a medicação tem alto custo e embora a eficiência seja comprovada, não está previsto na listagem de medicamentos distribuídos pelo SUS. O aspartato de ornitina minimiza o nível de substâncias tóxicas no sangue, consequência do mau funcionamento do fígado gerado por doenças como hepatite e cirrose. 

Sem o tratamento o quadro evoluir para encefalopatia hepática, resultando em fala arrastada, alterações de comportamento, desorientação, sonolência e pode até levar ao coma. (Metro1)

Homem é morto com oito tiros ao olhar para namorada de suposto traficante - Em Salvador.

Na manhã desta terça-feira (30), um homem foi assassinado no bairro de Paripe, subúrbio ferroviário de Salvador. De acordo com a Centel (Central de Polícia), a vítima, Miraldo Conceição Matias, de 33 anos, foi atingido por oitos disparos de arma de fogo, na região da cabeça, peito e nas costas. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Conforme a polícia, o crime ocorreu por volta das 6h, na rua Felipe Soares, em uma localidade conhecida como Santa Fé. 

Após o crime, os suspeitos subtraíram o aparelho celular de Miraldo e ainda fugiram levando as chaves do carro que a vítima utilizava para trabalhar. Populares informaram à polícia que a vítima teria participado de uma partida de futebol no domingo (28) e teria discutido com um traficante. Na ocasião, o homem alegou que Miraldo estaria olhando para sua namorada durante o jogo. As circunstâncias e a autoria do crime estão sob investigação do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa). (R7)

Transexual crucificada processa Feliciano e pede indenização.

A atriz e modelo transexual Viviany Beleboni, que simulou uma crucificação na edição deste ano da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, abriu um processo contra o deputado e pastor Marco Feliciano (PSC). Ela alega que teve sua imagem indevidamente exposta pelo parlamentar e que, por conta disso, passou a receber ameaças e teve que mudar completamente sua rotina. "Ele colocou minha foto junto a imagens tiradas em outras marchas de outros lugares do mundo, e não na parada LGBT de São Paulo, para manipular a população brasileira. Aquelas pessoas são de outros países e não estão com o rosto em evidência como eu. Então fui a única prejudicada. Isso é distorção de imagem. Venho recebendo ameaças de morte por causa dele. Emagreci, estou com Síndrome do Pânico, passei a tomar remédios, convidei amigos para morar comigo para eu não ficar sozinha, liguei a câmera de segurança do meu prédio 24 horas na minha televisão. Tudo mudou", contou ela em entrevista ao Terra . 

A advogada da modelo, Cristiane Leandro de Novais, explicou que trata-se de uma ação de indenização com pedido de tutela antecipada para que Feliciano seja intimado a excluir de seu gabinete, de seu site e de suas redes sociais "todos os vídeos que criou, todas as imagens que editou e todas as ofensas que fez" contra a população LGBT no geral e contra Viviany. Além disso, existe um pedido de retratação e indenização por difamação e injúria por conta da incitação criminal que teria feito na web e em redes de televisão. O processo corre na 1ª Vara Cível do Fórum João Mendes Júnior. "A partir do momento em que praticou esses atos, ele fez com que outras pessoas, seus 'seguidores', começassem a fazer ameaças a Viviany nas redes sociais, por mensagens ou telefone. Nossos pedidos visam manter a integridade física dela. É isso que tememos. Ele tem medo de sair de casa, precisa ser amparada", afirmou a advogada.

Internautas também serão processados - Ao mesmo tempo em que abriu processo contra o pastor, a dupla entrou com uma ação contra o Facebook exigindo que a empresa forneça os IPs virtuais de todos os usuários da rede social que compartilharam esses mesmos conteúdos e/ou fizeram comentários ofensivos direcionadas à modelo. "Com essas informações, conseguiremos chegar nessas pessoas para processá-las também. Vivemos em um País com liberdade de expressão, mas as pessoas têm que aprender que devem se responsabilizar pelo que fazem, inclusive na internet. Ações como essa são comuns, o Facebook logo deve nos fornecer esses dados", concluiu Cristiane.

"Mensagem de amor gerou ódio" - Na 19° edição da Parada, realizada no dia 7 de junho, a intervenção de Viviany foi feita no topo do trio elétrico da organização não governamental Ação Brotar pela Cidadania e Diversidade Sexual (ABCDS). Na ocasião, ela foi criticada por alguns religiosos mais exaltados que se ofenderam com a utilização da cruz em seu protesto contra a homofobia. Feliciano, especificamente, a acusou de praticar "cristofobia" e fez uma convocação a seus seguidores. "Cadê os líderes de denominações evangélicas, principalmente do Estado de São Paulo? Cadê os líderes da Igreja Católica? Eles feriram a minha fé, a sua fé. Até quando vocês vão assistir de camarote?", questionou em um dos vídeos publicados em sua página. Na época, ao Terra , Viviany contou que em nenhum momento quis afrontar alguma religião . Até porque ela, que se define como espírita, também acredita em Deus. 

O intuito da cena foi apenas representar o sofrimento de gays, lésbicas, bissexuais, trangêneros, travestis e transexuais que são violentados no Brasil. "Posso garantir que não teve nenhum caráter religioso. O que eu quis dizer é que as minorias sempre foram crucificadas. Há alguns dias, uma amiga minha travesti morreu levando seis tiros no Rio Grande do Sul. Em São Paulo, tivemos o caso da Verônica recentemente. E isso acontece todo dia. As pessoas estão morrendo. Foi isso que eu quis dizer. Quis mostrar, para quem não conhece nossa realidade, o preconceito que existe. Quis passar amor. As pessoas não estão acostumadas com a realidade. Quando a vêem, se chocam", afirmou. (Terra)


Justiça determina fornecimento gratuito de medicamento à base de canabidiol.

A Justiça Federal determinou que a União forneça medicamento à base de canabidiol, um dos derivados da maconha (cannabis sativa) para um jovem que sofre de epilepsia. Em janeiro a Agência Nacional de Vigilância Sanitária reclassificou a substância de proibida para controlada. Apesar da alteração, a família do menor alegou não ter como pagar o tratamento, orçado em R$ 67 mil. Segundo a decisão da juíza federal Sylvia Marlene de Castro Figueiredo, da 3ª Vara Federal em Sorocaba (SP), deverão ser fornecidos seis tubos de RSHO - óleo recomendado para ser usado como suplemento alimentar - por mês ao paciente. 

O tratamento alternativo foi orientado após o fracasso de outras terapias para conter as crises de convulsão sofridas pelo jovem. A magistrada destacou que caso não tenha acesso ao medicamento, o paciente pode sofrer danos irreparáveis a sua saúde. O tratamento pleiteado pelo autor é necessário e urgente para manter seu bem-estar, sua saúde e uma vida digna.” Nesse contexto, a juíza lembra que já existe jurisprudência consolidada que reconhece a responsabilidade governamental em casos como esse. 

“A obrigação do Estado em fornecer medicamentos essenciais e devidamente prescritos por profissional médico como indispensáveis para garantir a sobrevida da pessoa tem sido amplamente reconhecida pelos tribunais.” À época da liberação, o governo federal já tinha recebido 374 pedidos de importação de medicamentos à base de canabidiol. (Agência Brasil)

Fernanda D'avila conta como marido incrementou a noite de nupcias.

                                                                    Foto: Isabella Selaimen / Paparazzo

Fernanda D'avila teve um casamento dos sonhos com o diretor artístico Marcos Jr. Depois de seis anos juntos, eles resolveram oficializar a união de forma inesquecível em 2011. E o cenário, que contou apenas com os dois, sem a presença de amigos ou familiares, foi em uma praia em Cancun, no México. Até aí, tudo bem. No entanto, os detalhes para apimentar as noites do casal ficaram a cargo de Marcos Jr. 

Durante o ensaio para o Paparazzo, a bailarina do "Domingão do Faustão" contou que, sem ela saber, o maridão comprou uma coleção de lingeries sensuais e ousadas para ela vestir em três noites. "Ele levou tudo na mala, escondido. Eram três peças, nas cores preta, vermelha e branca. A calcinha preta era aquele modelo de fio-dental minúsculo e fatal. A vermelha tinha direito a cinta-liga e a branca ele pediu para eu usar depois do casamento. Essa tinha uma camisolinha justa, mas confortável", lembra Fernanda. 

O casamento aconteceu à noite, na praia, e teve jantar de frutos do mar à luz de velas. Ao chegarem no quarto, foram surpreendidos com champanhe e morangos. Durante a viagem, um susto quase colocou tudo a perder. Enquanto se divertia com o marido no mar de Cancun, Fernanda perdeu a aliança de noivado. Mas nada que o romântico Marcos Jr. não resolvesse. "Ele me levou para um shopping onde comprei uma bolsa carinha com a qual eu estava sonhando!". (Ego)


FBI espera que José Maria Marin, preso na Suíça, conte tudo o que sabe.

O FBI quer a colaboração de José Maria Marin para chegar a Marco Polo Del Nero, Ricardo Teixeira, aos esquemas que envolveram a Copa do Mundo de 2014 no Brasil e até a empresas norte-americanas suspeitas de terem pago subornos por muitos anos no futebol, como a Nike. Neste sábado faz um mês que o ex-presidente da CBF foi preso em Zurique, acusado de corrupção, fraude e lavagem de dinheiro. E Marin ainda pode permanecer meses na prisão suíça.

Na sexta-feira foi revelado que a Justiça do país rejeitou um apelo de um outro cartola (o uruguaio Eugenio Figueredo) para aguardar a extradição em prisão domiciliar, fechando as portas para as esperanças dos demais dirigentes, entre eles o brasileiro. O processo de extradição para os Estados Unidos deve ser iniciado apenas na semana que vem, quando os norte-americanos repassarão aos suíços o pedido oficial para que Marin e os outros seis dirigentes detidos sejam transferidos para que sejam julgados.

Se condenado, Marin, de 83 anos, pode pegar até 20 anos de prisão. Mas é acima de tudo com a colaboração de Marin que os norte-americanos esperam contar, inclusive para permitir que sua pena seja substancialmente reduzida ou mesmo permutada por uma prisão domiciliar e multas milionárias.

A demora pelo pedido oficial para que haja a extradição não ocorre por acaso. Os norte-americanos tinham 40 dias para formalizar o processo e devem esperar até o último minuto justamente para forçar os suspeitos a permanecer na cadeia e criar condições psicológicas para que aceitem colaborar.

No dia 3 de julho, os Estados Unidos devem apresentar o pedido de extradição. Mas um recurso não será possível imediatamente. Em primeiro lugar, os suíços precisarão de cerca de 20 dias para traduzir todos os documentos. Depois disso, um novo prazo vai ser estabelecido para que haja uma decisão por parte do Departamento de Justiça de Berna.

Neste caso, se a posição for favorável à extradição, Marin poderá apresentar seu recurso, o que significa que começaria a ser considerado apenas em setembro. A situação de Marin foi agravada pelo fato de que foi abandonado na prisão suíça, sem falar inglês ou alemão e tendo de lidar sozinho com um advogado que, nos últimos dias, resolveu tirar férias no sul da Europa.

"Todo mundo o abandonou", disse uma pessoa próxima a Marin. "Se fosse eu, contaria tudo o que sei. Mas não é muito o perfil dele, não sei se fará isso". Sua família não se pronuncia, mas vem defendendo que ele entregue todo mundo, principalmente Del Nero.

O atual presidente da CBF abandonou Zurique no dia seguinte à prisão de Marin, retirou da sede da entidade o nome do suspeito e fez questão de se afastar de seu ex-chefe. A atitude foi vista como uma traição por parte da família de Marin, já que Del Nero participou de todas as negociações com ele desde que Teixeira deixou a CBF em março de 2012.

Para fontes no FBI, a situação é "ideal" para propor uma colaboração com Marin. A meta dos Estados Unidos é chegar ao topo da estrutura de corrupção no futebol e não apenas aos cartolas presos. Mas para isso precisará contar com a ajuda de Marin e dos demais detidos.

Fontes próximas às investigações apontaram que esperam de Marin informações sobre Del Nero e Teixeira, até agora não indiciados mas sob investigação. Os norte-americanos também querem saber o que exatamente foi estabelecido no contrato entre a CBF e a Nike, uma empresa norte-americana.

Outro aspecto que os norte-americanos querem explorar é a participação de Marin como presidente do Comitê Organizador Local da Copa. O FBI quer conhecer detalhes das negociações de contratos do Mundial de 2014, principalmente envolvendo empresas americanas, e sua relação com a cúpula da Fifa. Coca-Cola, Visa, Mastercard, Nike, redes de televisão e dezenas de outros fornecedores do mundo do futebol têm sede nos Estados Unidos e a Justiça tenta identificar quem participou dessa estrutura corrupta por anos.

Enquanto a oferta de delação premiada não chega, Marin foi forçado a trocar a vida de luxo que manteve ao longo de décadas por uma prisão comum, ainda que considerada uma das mais adequadas do mundo. Isolado, ele pode receber apenas uma visita por semana. Tem uma hora de caminhada por dia e está sem telefone nem internet. A comida servida é correta. Mas sem luxo, sem variedade nem álcool.

O maior problema, segundo seus amigos, é o ânimo do cartola. "O contato é difícil. Pelo que sei, está bem de saúde. Ele foi atleta, tem saúde de ferro e não toma remédios contínuos. Mas o problema é psicológico. Tem 83 anos, está preso, sozinho. O Marin está se sentindo triste, abandonado. Pode entrar em depressão. Esse é o temor", disse um amigo.

ABANDONO - Amigos e parentes não têm escondido a revolta diante da atitude do governo de não dar assistência a Marin. "Ele é um cidadão brasileiro preso do exterior e o governo brasileiro não faz nada. Nem o Itamaraty nem o Ministério da Justiça", disse um aliado. "Ninguém faz nada. Não entro no mérito se ele é culpado ou não, isso é para a Justiça. Mas no caso do brasileiro traficante na Indonésia, o governo fez até pedido oficial para tentar defendê-lo. Pelo Marin, nada. É inacreditável".

Marin, ex-governador durante a ditadura, foi sempre desprezado pelo governo de Dilma Rousseff, presa nos anos 70 e torturada pela mesmo regime militar que colocou o cartola para comandar São Paulo. O Itamaraty tem outra versão. Segundo o consulado do Brasil em Zurique, a assistência é apenas prestada quando o cidadão a solicita. "Nada nos foi solicitado por parte do detido", declarou o consulado. "Só podemos agir quando há um pedido formal solicitando nossa colaboração".

Dilma Rousseff sanciona Lei da Mediação.

A Lei da Mediação (13.140/15), que dispõe sobre a solução de conflitos entre particulares e no âmbito da administração pública, foi sancionada sem vetos pela presidente Dilma Rousseff. A norma foi publicada nesta segunda-feira (29) no Diário Oficial da União (DOU). Através do método de resolução de conflitos por meio da conciliação, este meio alternativo pretende desafogar o Judiciário. 

O texto define a mediação como atividade técnica exercida por pessoa imparcial, sem poder de decisão, que auxilia as partes envolvidas a encontrarem soluções consensuais. Votada em regime de urgência e aprovada no dia 2 de junho pelo Senado, a lei estabelece que qualquer conflito pode ser mediado. Ficam de fora casos que tratarem de filiação, adoção, poder familiar, invalidade de matrimônio, interdição, recuperação judicial ou falência. 

As partes têm o direito de ser acompanhadas por advogado ou defensor público. A norma entrará em vigor 180 dias após a publicação oficial. G1

TRF libera venda do Bahia dá Sorte, após meses de proibição.

Uma decisão da primeira turma do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5) liberou a venda de títulos de capitalização do Bahia dá Sorte no estado. De acordo com o A Tarde, a proibição da comercialização do produto estava em vigor desde novembro do ano passado. A suspensão, determinada pela 4ª Vara Federal de Pernambuco (PE), valia para todos os estados onde o grupo Promobem, responsável pela venda de diversos títulos de capitalização, entre eles o Bahia dá Sorte, atuasse. 

A empresa foi investigada pela Polícia Federal por supostas irregularidades em sua gestão. Em novembro do ano passado, quatro pessoas chegaram a ser presas pela Polícia Federal durante a Operação Trevo por provável ligação com o Bahia dá Sorte. Em nota, o TRF5 informou que acolheu um parecer do Ministério Público Federal (MPF), que indicou que o retorno das atividades da empresa fosse liberado. 

Por meio de pronunciamento em seu site, o Bahia dá Sorte afirmou ter "a satisfação de comunicar a toda a sociedade, clientes, fornecedores, colaboradores e amigos que o TRF5 decidiu pela liberação do retorno das atividades das empresas do grupo". Fonte:Bahia Noticias

Armários para desembargadores: TJ-BA vai gastar R$ 241 mil com estrutura de gabinetes.

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) vai gastar R$ 241.714,50 para estruturar os gabinetes de desembargadores e assessores com armários em MDF. De acordo com a homologação de registros de preços para eventuais aquisições de móveis, publicado no Diário da Justiça Eletrônico (DJE) desta segunda-feira (29), os armários serão feitos em 15 gabinetes de desembargadores e 15 gabinetes de assessores. O descritivo da compra indica que os armários dos desembargadores, além de MDF, deverão ter acabamento laminado melamínico de baixa pressão, com rodapés, portas com frisos e puxadores metálicos, prateleiras internas e externas e cabideiro metálico para togas. O armário deverá seguir o mesmo padrão dos demais gabinetes. 

Cada armário custará R$ 5,5 mil e terá um custo total de R$ 82,5 mil. Para os gabinetes dos assessores, os armários serão produzidos em MDF, no mesmo padrão dos gabinetes de desembargadores, e o valor unitário custará R$ 8.993,30. O valor total será de R$ 134.899,50. A estrutura é para abarcar os novos desembargadores do tribunal, que aumentou nos últimos tempos. Os gabinetes ainda receberão armários para os sanitários, com custo estimado em R$ 910,00 e valor total de R$ 13.650, e armários para copa de valor unitário de R$ 710, com valor total R$ 10.665. O critério para aquisição é o de menor preço. 

O tribunal ainda comprará 35 televisões de Led de 42 polegadas, com valor unitário de R$ 1.399,45, totalizando R$ 48.980,75. Também serão adquiridos 35 suportes para fixação de televisor, no valor total de R$ 4,2 mil. Foto:Bahia Noticias

Renovação de contratos do Fies se encerra nesta terça-feira.

Esta terça-feira (30) é o último dia para a renovação dos atuais contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). O aditamento semestral é feito pelos estudantes no portal do Fies – programa destinado a financiar mensalidades de cursos de graduação em instituições privadas de ensino superior. O Ministério da Educação (MEC) prorrogou por duas vezes o prazo de renovação para que todos os estudantes conseguissem fazer o procedimento. Quando o prazo foi prorrogado pela última vez, de 1,9 milhão de contratos faltavam ser aditados 100 mil. 
Na época, o MEC disse ter feito contato com as instituições de ensino que tinham alunos sem a confirmação do aditamento para que procurassem os estudantes e verificassem se havia algum problema. O financiamento é concedido a matriculados em cursos superiores que tenham nota positiva nas avaliações do ministério. Mais de 2,1 milhões de estudantes usam o financiamento. Na última sexta (26), os ministérios da Educação e do Planejamento anunciaram mudanças para as próximas contratações do Fies. 
Entre elas, estão o aumento dos juros, que passarão dos atuais 3,4% para 6,5%, e a alteração no limite de renda para contratação, que passará para 2,5 salários mínimos por pessoa, o que equivale, em valores atuais, a R$ 1.970. Segundo a Agência Brasil, o limite atual é uma renda bruta de 20 salários mínimos.G1  

Chile vence o Peru e volta à final da Copa América após 28 anos.

O Chile está cada vez mais próximo do inédito título da Copa América . Nesta segunda-feira (29), os donos da casa deram mais um importante passo ao superar o Peru por 2 a 1. O confronto, porém, não teve a facilidade imaginada pelos torcedores, que mais uma vez lotaram o Estádio Nacional, em Santiago.
Mesmo com um a menos desde o meio da etapa inicial, os peruanos não entregaram os pontos e lutaram até o fim. Para sorte dos chilenos, Vargas, em noite inspirada, decidiu o jogo e colocou os anfitriões em uma final da competição continental após 28 anos de espera. Confira todos os detalhes da semifinal aqui.
Agora, o Chile espera o vencedor de Argentina e Paraguai para saber contra quem fará a decisão da Copa América. A final será realizada no mesmo estádio desta segunda, o Nacional de Santiago, no próximo sábado, às 17h (de Brasília). Já a disputa de terceiro lugar acontece na sexta, às 20h30, na cidade de Concepción.
Graças ao zagueiro peruano Zambrano, a etapa inicial pode ser claramente dividida em dois momentos. O primeiro, na primeira metade, quando o Peru, surpreendentemente, começou melhor, atacando e assustando os rivais. E o segundo quando o Chile tomou conta da partida e pressionou até abrir o placar. E o que tem a ver o defensor? Tudo. Após receber um cartão amarelo com apenas 6min, ele conseguiu ser expulso por uma entrada violenta em Aránguiz, deixando as travas da chuteira nas costas do atleta do Internacional .
Com um homem a menos, Ricardo Gareca teve que mudar o esquema tático do Peru, tirou um meia e colocou mais um zagueiro, perdendo, assim, um pouco da força ofensiva. Guerrero era um dos melhores em campo, responsável por criar os lances perigosos. Um deles, inclusive, explodiu na trave após cabeçada de Farfán.
Depois da expulsão, o Chile sobrou em campo. Com ótimo jogo coletivo, os donos da casa foram “martelando” os peruanos até balançarem as redes. Vidal virou o jogo para Sánchez, que bateu de fora da área. Aránguiz tentou desviar no meio do caminho, mas não conseguiu, e viu a bola acertar a trave. No rebote, Vargas, em posição irregular, completou para aliviar os torcedores.
Mesmo atrás no placar, e com um jogador a menos, o Peru não se intimidou e voltou do intervalo com uma postura ofensiva. Aproveitando as brechas deixadas no setor defensivo, os peruanos foram ganhando confiança e logo empataram. Guerrero aproveitou um vacilo de Sánchez e fez bom lançamento para Advíncula chegar no fundo e cruzar. O zagueiro Medel tentou afastar o perigo, mas mandou contra a própria meta. Antes, porém, o auxiliar anulou um legítimo gol do Chile, marcado por Vargas, que daria mais tranquilidade na partida.
A euforia dos visitantes, no entanto, não durou muito. Dois minutos depois, foi a vez de Guerrero errar. Após desarme de Valdivia, a bola ficou nos pés de Vargas, que arriscou de muito longe, surpreendendo o goleiro Gallese. Um golaço! Atrás no placar novamente, o Peru não se entregou e mostrou valentia ao tentar empatar a partida, mas não conseguiu superar Bravo e acabou eliminado da Copa América. Foto: Gabriel Rossi/Fonte:Terra



Acidente com avião militar deixa ao menos 30 mortos - Na Indonésia.

Pelo menos 30 pessoas morreram e outras duas ficaram feridas, nesta terça-feira (30), quando um avião de transporte, do tipo Hércules, do Exército da Indonésia, caiu em uma área residencial da cidade de Medan, no norte da ilha de Sumatra, cerca de dois minutos após a decolagem.
O governador do estado de Sumatra do Norte, Gatot Pujonugroho, disse que “mais de 50 pessoas estavam no avião”, enquanto as informações anteriores indicavam que havia apenas 12 militares (três pilotos, um mecânico e oito técnicos), segundo o site “Detik”.G1


Bandidos roubam agente credenciado do Bradesco - Em Ubaíra.

De acordo com informações passadas a redação do Mídia Bahia, dois elementos armados renderam o atendente de um agente credenciado Bradesco na cidade de Ubaíra no Vale do Jiquiriçá, na manhã desta segunda feira (29).O agente fica localizado no centro da cidade próximo aos correios e a prefeitura municipal, a quantia levada não foi informada.
No último dia 22 um comerciante também foi assaltado na cidade e teve 10 mil reais levado por dois homens que estavam em uma motocicleta de dados ignorados. De acordo com informações da policia, uma operação foi montada para tentar localizar os criminosos, diversas abordagens estão acontecendo na região inclusive blitz na BR-420 com o intuito de encontrar os responsáveis pelo ato. Fonte: Mídia Bahia


Cáco Barcellos da Rede Globo, grava matéria em Jequié sobre sistema prisional na Bahia.

Cousou alvoroço a presença do jornalista, da Rede Globo, Cáco Barcelos em Jequié. Apresentador do programa Profissão Repórter, Barcelos pode estar elaborando matéria a respeito da super lotação e condições dos presídios bainos, mas pode também estar investigando possíveis irregularidades nas contas públicas municipais.
Assim como Ilhéus, a visita de Barcellos a Jequé é para gravar matéria a respeito dos presos provisórios e as condições dos presídios baianos.Críticos e oposição espalhavam que a visita seria para apurar suposta denúncia de irregularidade dos gastos públicos locais.

Fato mesmo é que o jornalista visitou o Conjunto Penal de Jequié, na manhã desta segunda-feira, 29. Na noite anterior, 28, Cáco esteve na Praça Rui Barbosa e tirou foto com muitos fãs. Blog do Marcos Oliver.

São Pedro de Itiruçu é destaque no Jornal Correio da Bahia.

Foto:Itiruçu Online
Apesar de campeão em devoção no Nordeste brasileiro, Santo Antônio é um cara modesto quando se trata de festa. Abre os festejos de junho, no dia 13, com mais reza que bandeirola. Imperador do ciclo junino, São João pega o bastão no dia 24. Haja bomba, licor e forró até o sol raiar.
Aí vem São Pedro. Humilde como Antônio, eis que Pedro — celebrado oficialmente na segunda-feira (29) — se faz pedra em algumas cidades do interior da Bahia. A festa não acabou!
Nos casos de municípios como Muritiba, Serrinha, Itiruçu e Eunápolis – só para ficar com alguns exemplos – São Pedro não só é grande como bota o próprio São João no bolso. Nesses redutos, já é tradição fazer festa profana para o primeiro papa e dono das chaves dos céus.
As explicações misturam religiosidade, crenças populares e negócios. Talvez o caso mais peculiar, Muritiba, no Recôncavo, consegue fazer um São Pedro em que o sagrado e o profano praticamente se fundem. Pra começar, Pedro é o padroeiro da cidade, que não faz festa para São João.
Diante disso, padre e prefeito se juntam para fazer o que muitos consideram o melhor São Pedro da Bahia. Enquanto a prefeitura investe R$ 500 mil em grandes atrações como Adelmário Coelho (veja box), o padre quer aproveitar para evangelizar quem cai no arrasta-pé.
“Vejo essa mistura (com a festa profana) como uma oportunidade muito fértil da Igreja evangelizar. A Igreja não pode andar separada da cultura, nem da sociedade. Se ela se fecha, numa atitude moralista, elitista, só vai acolher os de sempre”, afirma padre Josevaldo Carvalho Nascimento, filho de Muritiba, que assumiu a paróquia no recesso do padre José.
“Padre José comunga dessa ideia. Quem disse que fazer festa é proibido? Em João, Jesus transforma água em vinho”. Cerca de 10 mil pessoas por dia devem marcar presença em Muritiba. O prefeito comemora o fato de ter o maior São Pedro da região.
Se fizesse São João, não poderia competir com cidades maiores. “Optamos pelo São Pedro primeiro pela tradição e segundo porque seria muito difícil competir no São João com Cachoeira, Amargosa, Santo Antônio e Cruz das Almas”, diz o prefeito Roque Luiz.
A devoção a São Pedro na região de Muritiba é anterior ao surgimento da própria cidade. A paróquia de São Pedro do Monte da Muritiba foi criada há 310 anos. O município de Muritiba ainda vai fazer 100. Talvez por isso, sagrado e profano se respeitem tanto.
“A gente tem um relacionamento extremamente positivo com os organizadores da parte religiosa para ter todo cuidado de não descaracterizar as duas”.
Itiruçu
Nos últimos anos, Itiruçu, na microrregião de Jequié, também se tornou um dos destinos mais procurados no São Pedro. Mais de 40 mil pessoas devem visitar a cidade de 15 mil habitantes entre os dias 3 e 5 de julho.
“A cidade fica lotada. Difícil você achar hotel ou pousada. Talvez ache casa pra alugar”, afirma Simone Nunes, coordenadora da festa, que considera o São Pedro a principal manifestação cultural do município.
Segundo a prefeitura, a tradição do São Pedro de Itiruçu se iniciou na década de 1990, por uma coincidência curiosa. À época, tanto prefeito quanto vice-prefeito se chamavam Pedro. Já que a cidade não tinha São João forte, Pedro Pimentel e Pedro Leite resolveram fazer um São Pedro decente.
Este ano o investimento será de R$ 200 mil. “Por conta da crise, o prefeito pediu que fizesse uma coisa menor. Mas vai ser igualmente bonito”, aposta o chefe de gabinete, Ivan Cerqueira. Paralelo ao São Pedro na praça pública, acontece uma festa fechada para 8 mil pessoas, o “Forró Coffee”, realizada numa fazenda de café e o Forró Caqui, realizado no espaço Emerson Show.Continue a leitura

Jovem jequieense é campeão de Jiu-Jitsu no Rio de Janeiro.

O Jovem Jequieense campeão de Jiu-Jitsu no  Rio de Janeiro no campeonato mundial da  CBJJP- Confederação Brasileira de Jiu– Jitsu profissional.
André guerra disputou a competição no dia 27, no Tijuca Tênis Clube, na Categoria peso médio, faixa marrom . André está em uma academia no Rio de Janeiro New Corpore Fight do Professor Renato Dominguez.
O atleta também é da Academia de Jequié do professor Genivaldo Farias, equipe GF Jiu-Jitsu, que tem como treinador Genivaldo Farias André Guerra. Ele está quase um ano na cidade do Rio de Janeiro Buscando seu espaço no Jiu-Jitsu profissional.
De acordo com o repórter Tote Andrade, o atleta assegura que  dará  muitas alegrias a cidade de Jequié e região.Fonte:Itiruçu Online

Ex-prefeito de Malhada de Pedras é condenado por desvio de verba da saúde.

A justiça federal condenou o ex-prefeito de Malhada de Pedras e a Macro Construtora Ltda. por improbidade administrativa. A ação contra a empresa e Ramon dos Santos foi movida pelo Ministério Público Federal (MPF). O juiz Fábio Stief Marmund, da 2 ª Vara Federal de Vitória da Conquista, condenou os réus a ressarcir os cofres públicos em R$ 1.248.429,23 e pagar multa de 20% ao valor do dano causado. 

Além disso, os réus foram proibidos de contratar com o Poder Público ou de receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, por cinco anos. Na ação, o MPF sustentou que, entre 2001 e 2003, o ex-prefeito, em conluio com a empresa, mal utilizou verbas públicas federais repassadas pela União e pela Fundação Nacional da Saúde (Funasa). 

O desvio de verba veio à tona a partir de uma fiscalização da Controladoria Geral da União (CGU). O recurso era destinado para construção de 21 unidades habitacionais, uma quadra poliesportiva, obras de melhorias sanitárias e domiciliares e execução de Sistema e Abastecimento de Água.Foto:Lay Amorim/Brumado Noticias