Páginas

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Balconista morre afogado após ser espancado - Em Lauro de Freitas.

Um homem de 22 anos morreu afogado ao tentar fugir de dois homens no bairro de Portão, em Lauro de Freitas. O balconista Demerson dos Santos de Souza pilotava uma moto com um amigo, identificado como William, na garupa quando pegou um atalho pela Estrada das Cascalheiras, para evitar o pedágio, até Portão. Segundo o jornal Correio, a dupla entrou por engano em uma rua sem saída. Ao tentarem retornar, dois homens armados os abordaram. 

Em seguida, Demerson e William tiveram suas mãos amarradas e foram espancados. William teve ainda algumas unhas das mãos arrancadas pelos criminosos. Apesar de negarem, as vítimas foram acusadas de fazer parte da facção criminosa Caveira, rival do Comando da Paz, de Portão. Com o celular de Demerson, os criminosos ligaram para o líder da área, identificado como Coroa. "Depois de torturar, ligaram para o tal Coroa, que mandou matar os dois. Quando Demerson escutou isso, ele conseguiu soltar a corda e correu em direção ao rio. Os bandidos atiraram e ele caiu, mas não se feriu e pulou no rio", relatou um amigo das vítimas, Jadilson Reis. 

Ao perceberem uma distração, Demerson e William conseguiram se soltar e fugir. William foi baleado na nuca e ficou com o projétil alojado atrás da orelha. Ainda assim, escapou até a estação de ônibus de Portão, onde foi socorrido. Já Demerson se jogou no Rio Joanes. No entanto, o jovem não sabia nadar e desapareceu no rio, um exame de DNA confirmou sua identidade. Os dois agressores, supostos integrantes do Comando da Paz, ainda não foram identificados.Fonte:BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário