Páginas

sábado, 28 de janeiro de 2017

'Gato' da Copinha desabafa:"Só queria dar um vida mais tranquila aos meus pais".

O zagueiro Heltton Matheus, que usou documentos falsos para fraudar a inscrição na Copa São Paulo de futebol júnior 2017 pelo Paulista de Jundiaí, desabafou nesta sexta-feira(27), em entrevista à ESPN Brasil. Arrependido, o atleta oriundo do Jardim Catarina, bairro da cidade de São Gonçalo (RJ), afirmou que só queria realizar o sonho de ser jogador de futebol.

"Optei por jogar bola porque sei que, através do futebol, conseguiria dar uma velhice mais digna aos meus pais e ajudar aqueles que gostam de mim. Não só eu, mas todos os outros garotos que já tiveram um sonho de jogar futebol", disse.

"Essa foi minha primeira transgressão. Todos aqueles que me conhecem do meu bairro sabem que, se for pesquisar um pouquinho quem eu sou, vão falar que eu não sou mau-caráter. Nunca usei de má-fé, nunca tomei uma atitude como essa. Mesmo tomando essa atitude, não foi pra afligir ninguém", acrescentou o defensor.

Emocionado, Heltton disse que só queria dar uma vida mais tranquila aos pais, Nílton e Vânia. Ele falou sobre a tristeza que tomou conta da família, após o episódio.

"Minha mãe estava muito triste, não esperava que isso fosse acontecer. Mas eu explicava tudo a ela e ela consegui mais ou menos entender. Ela era uma dos motivos (para jogar futebol)", contou.

O ex-craque do Vitória e da Seleção Brasileira, Vampeta, resolveu ajudar o zagueiro num momento em que todos o atacavam. Presidente do Grêmio Osasco Audax, clube da Série A1 do Campeonato Paulista, Vampeta abriu as portas do clube para o garoto. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário