Páginas

terça-feira, 29 de agosto de 2017

CASO NEW HIT: Cantor é condenado a 10 anos de prisão e advogado vai recorrer.

Condenados pelo estupro de duas adolescentes na cidade de Ruy Barbosa, os integrantes da banda New Hit tiveram as suas sentenças alteradas nesta terça-feira (29) durante o julgamento de recurso do caso.
Na sessão ocorrida no Tribunal de Justiça da Bahia, em Salvador, foi mantida a condenação de oito componentes do grupo, no entanto, a pena foi reduzida de 11 anos e 8 meses para dez anos de prisão em regime fechado.
Entre os condenados, está o cantor Eduardo Martins, conhecido como Dudu. Em entrevista ao BNews, o advogado Alfredo Venet, que defende o vocalista informou que pretende recorrer da decisão. "O primeiro passo é pedirmos os embargos de declaração desse julgamento. Além disso, tem dois recursos a serem solicitados, um que é recurso especial no Superior Tribunal de Justiça [STF] e o extraordinário no Supremo Tribunal Federal [STF]", explicou.
Ainda segundo o advogado, os pedidos têm objetivo de provar que o cantor não praticou crime. "Houve sim o ato sexual, no entanto, tudo ocorreu de forma consensual. O meu cliente é inocente", afirmou.
O Caso

De acordo com o Ministério Público, no dia 26 de agosto de 2012, no centro da cidade de Ruy Barbosa, a 320 quilômetros de Salvador, os integrantes do extinto grupo de pagode New Hit teriam abusado sexualmente de duas adolescentes que tinham 16 anos à época. O estupro teria ocorrido após os músicos receberem as jovens para sessão de fotos no ônibus da banda..

Nenhum comentário:

Postar um comentário