Páginas

sábado, 30 de setembro de 2017

Caminhão carregado com bananas tomba na BA-026 – Em Planaltino.

No início da manhã deste sábado (30), um caminhão placa policial PKD-9938 licença de Salvador-Ba.,  carregado  com bananas tombou na BA-026, perímetro da cidade de Planaltino.

No acidente, a carga ficou espalhada pela pista e foi saqueada por populares. O motorista que não teve o nome divulgado, não sofreu ferimentos. Fotos enviadas por leitor/ Fonte:Blog Vandinho Maracás.

Homem é assassinado a tiros em posto de combustíveis - Em Itagibá.

Um homem foi assassinado na noite dessa sexta-feira (29) em um posto de combustíveis no distrito do Japumerim, município de Itagibá. A vítima estava numa motocicleta próximo às bombas de combustíveis quando foi baleada pelo criminoso encapuzado que saiu de um carro modelo pálio, de cor vermelha, que veio sentido Itagibá. 

Testemunhas disseram que ouviram mais de dez disparos de arma de fogo. Capsulas de pistola foram encontradas próximo ao corpo.O Samu foi acionado e constatou o óbito de Ademir Ferreira Alves. A Polícia Militar isolou a área até a chegada da equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT). 

O crime foi registrado no momento em que a vítima parou a moto para abastecer. "Assim que ele tampou o tanque o cara saiu do carro e começou a atirar", disse uma testemunha ao GIRO. Ademir era morador do Japumerim. Não há informações se ele tinha envolvimento com o mundo do crime. O homicídio será investigado pela delegacia de Itagibá. Fotos/Fonte:Giro em Ipiaú.

Menino de 7 anos morre após cabeça ficar presa no elevador em hospital infantil - Em Fortaleza.

Uma criança de 7 anos morreu após ficar presa em um dos elevadores do Hospital Pronto Socorro Infantil (Sopai) em Fortaleza, capital do Ceará, na manhã desta sexta-feira (29). 

Segundo informações do site Tribuna do Ceará, o menino, que ficaria internado na unidade para tratar de uma doença, colocou a cabeça para dentro do elevado, em uma brincadeira. 

As portas do equipamento acabaram fechando, e o elevador subiu, o que causou a morte da criança. De acordo com perícia feita no local, o elevador era restrito a funcionários da unidade. 

A avó, que estava com o garoto no atendimento, não comentou sobre o caso, pois estava passando mal após o trágico acidente. O Corpo de Bombeiros foi acionado para retirar o corpo da criança do elevador. O Sopai não se pronunciou sobre o ocorrido. G1.

Segurança nas fronteiras serão intensificadas pelas Forças Armadas - No Brasil.

A partir do mês de outubro as Forças Armadas realizarão operações conjuntas para prevenir e reprimir ações de criminosos na fronteira do Brasil com outros países sul-americanos. 

As operações terão como foco principal o contrabando, tráfico de armas e de drogas e contarão com o apoio de órgãos como a Polícia Federal e a Receita Federal, além de servidores estaduais e municipais. 

Segundo o chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, almirante Ademir Sobrinho, a vigilância das fronteiras nunca foi deixada de lado, mas com o contingenciamento de recursos em razão da crise financeira que afetou as contas públicas, foi necessário “reduzir a intensidade das operações”. 

"Em outubro, voltaremos com um grande número de pequenas operações em áreas que consideramos de maior risco de crimes transfronteiriços”, explicou. Foto/Fonte:Agência Brasil.

Correios vão encerrar Banco Postal em 1.8 mil agências; Bahia será o estado mais afetado.

Os Correios decidiram encerrar os serviço prestados pelo Banco Postal a partir de 11 de outubro em 1.827 agências. Ao todo, 12 estados serão afetados pela medida, sendo a Bahia o mais prejudicado. 

As atividades serão encerradas em 440 agências localizadas no território baiano. "É importante ressaltar que as agências não serão fechadas, apenas o serviço de correspondente bancário será descontinuado. 

Os demais serviços dos Correios continuarão a ser prestados normalmente", destacou a estatal em nota. Os outros estados que mais vão sentir o impacto da medida são o Paraná, com 412 agências sem o serviço, Goiás (259), Ceará (205), Rio Grande do Norte (183) e Piauí (178). 

De acordo com o G1, os Correios justificaram a decisão alegando os altos custos de manutenção e segurança "os tornam inviáveis". 

" A coisa mais importante é o diálogo", lembra psiquiatra sobre comportamento suicida.

Chega ao fim neste sábado (30) o mês em que é lembrada a campanha Setembro Amarelo, dedicada à prevenção ao suicídio. No entanto, é importante que o tema seja lembrado durante todo o ano. De acordo com relatório inédito do Ministério da Saúde, o Brasil registra anualmente uma média de 11 mil casos de suicídio (veja aqui). 

Nos últimos cinco anos, houve um aumento de 12% no número. De acordo com o psiquiatra Lúcio Botelho, alguns sinais devem ser observados na tentativa de se identificar o sofrimento de pessoas próximas. "Muitas vezes, o comportamento diferenciado passa despercebido, ainda que a pessoa peça ajuda. 

A gente deve estar atento a alterações de padrões de comportamento. Pessoas que costumavam ter um desempenho social bom e ir bem no trabalho, por exemplo, de repente ficam mais retraídas ou passam a ter atitudes mais impulsivas", pontuou. A partir da identificação dos sintomas, é importante a busca por auxílio profissional. Ainda assim, o apoio da família e dos amigos é essencial. 

"É importante que se tenha um acompanhamento para um atendimento psicológico e psiquiátrico. Existem maneiras de atenuar esse tipo de comportamento, desde uma abordagem familiar, tentar contornar ou reestruturar o ambiente familiar desse indivíduo em sofrimento, até o acompanhamento especializado", explicou Botelho. 

O profissional explicou ainda que o tratamento é individualizado para cada paciente, mas o diálogo é fundamental em todos os casos. "Isso é básico para todo mundo. Tratar o assunto com mais clareza e fornecer suporte para essa pessoa em crise", alertou o psiquiatra. "A principal coisa é não desconsiderar aquela queixa. Muitas vezes a pessoa que ouve desconsidera a queixa e minimiza o evento. 

É importante levar em consideração aquela queixa e acolher, para que essa pessoa fique aberta ao tratamento", acrescentou. Com o objetivo de discutir esse grave problema de saúde pública, acontece neste sábado (30) o I Simpósio Espaço Nelson Pires de Prevenção ao Suicídio. 

O evento acontece das 8h às 17h, no Auditório CEO, localizado no bairro Caminho das Árvores. As inscrições podem ser feitas por meio do telefone (71) 99990-4622 ou e-mail eventos@espaconelsonpires.com.br, no valor de R$ 30. Fonte:G1.

Polícia localiza sexto acusado de matar PM em Valença; outros comparsas já tinham morrido.

A Polícia Civil anunciou nesta sexta-feira (29/9) a prisão de Caio Pereira dos Santos. Ele é um dos suspeitos de assassinar o policial militar Rogério Souza da Silva, em dezembro de 2016, no município de Valença, a 270 km de Salvador. Na mesma ação, outro militar, João Feitosa da Silva Plínio Júnior, também foi baleado.
Caio foi localizado por agentes da 5ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), na quarta-feira (27/9). Outros cinco homens suspeitos do crime morreram naquela mesma semana após troca de tiros com a PM.
CASO
A dupla de policiais foi atacada por uma quadrilha de tráfico de drogas que atua no bairro do Tento quando realizava levantamento de informações, na noite de Natal.
Na época, as investigações apontaram que a quadrilha responsável pelo atentado era liderada pelos irmãos Luciano de Iara e Cláudio de Iara. Adriano Bispo da Conceição e Rafael Ramos do Espírito Santo participaram do ataque contra os policiais. Descobertos por profissionais da 33ª Companhia Independente da Polícia Militar, no bairro do Tento, a dupla resistiu à prisão e morreu em confronto, ainda na noite daquele domingo.

Outros dois acusados de participação na morte, Leandro Santos de Almeida e outra pessoa não identificada, tentaram fugir de barco, mas foram alcançados ainda no atracadouro de Valença. Houve confronto e, no revide, foram atingidos e não resistiram aos ferimentos. Já o quinto integrante da quadrilha, de nome não divulgado, resistiu a prisão e morreu na manhã seguinte.Foto/Fonte;Aratu Online.

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Beneficiários do Bolsa Família terão crédito de até R$ 15 mil em bancos.

O programa de microcrédito Progredir, lançado pelo governo federal, voltado para beneficiários do programa Bolsa Família que desejam empreender, já tem crédito liberado para três instituições financeiras. 
Conforme informou o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) a Caixa Econômica Federal, o Banco do Brasil e o Banco do Nordeste já podem oferecer empréstimos de até R$ 15 mil para participantes do programa. 
De acordo com o MDS, o programa oferecerá taxas de juros competitivas que devem ficar abaixo de 1% ao mês, para facilitar a adesão. Por enquanto, apenas os três bancos participam do programa, mas qualquer banco pode oferecer a linha de crédito, desde que manifeste interesse ao governo federal. 
As condições de parcelamento e pagamento ficarão a critério de cada banco, bem como a documentação necessária para a liberação do crédito.Serão disponibilizados R$ 3 bilhões por ano em linha de microcrédito para o público-alvo do programa investir em pequenos negócios. 
Atualmente, 13,5 milhões de famílias recebem o Bolsa Família, e ganham um valor médio do governo de R$ 179,64. Assim, ao longo do tempo, espera o governo, as pessoas deixarão de depender dos programas sociais. 
Além do crédito liberado, o programa terá assistência técnica e inclusão financeira para 1,7 milhão de autônomos; 1 milhão de vagas no Pronatec Oferta Voluntária; oficinas de preparo profissional para 400 mil pessoas; e oficinas de educação financeira para 100 mil famílias. 
O Progredir terá parceiros públicos e privados. Na cerimônia de lançamento, o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, destacou que as empresas parceiras vão reservar 10% das vagas de emprego ofertadas para o público do plano. G1.


Em áudio, executivo da JBS e deputado falam de propina de R$ 4 milhões.

Um dos novos áudios da delação da JBS que vieram a público nesta sexta-feira (29) mostra uma conversa do executivo Ricardo Saud com o ex-deputado federal João Magalhães (PMDB-MG) sobre dinheiro que deveria ter sido repassado ao político.

Segundo a revista "Veja", que publicou a gravação, trata-se de propina de R$ 4 milhões que teria sido prometida a Magalhães, ao atual vice-governador de Minas, Antonio Andrade, e a outros integrantes da bancada mineira na Câmara dos Deputados.
Magalhães, no entanto, acabou não recebendo o repasse, pelo temor de ser descoberto transportando o valor, que teria saído dos cofres da JBS.
O parlamentar, que hoje é deputado estadual em Minas, confirma na gravação que teve medo de ser flagrado pela Polícia Federal e se recusou a transitar com os recursos num deslocamento para o interior do Estado.
Com isso, Andrade, que teria recebido a propina pelos dois, acabou ficando com a totalidade do valor, de acordo com os relatos da gravação.
"Nós chegamos na Pampulha [aeroporto para voos particulares em Belo Horizonte]. Eu tava indo para um comício em Mantena. [Como] vou descer em Governador Valadares? A Polícia Federal em Valadares é em frente ao aeroporto. Aí você chega com uma mochila cheia de dinheiro?", diz Magalhães.
Saud então afirma ao deputado que ele "tomou um chapéu", ou seja, foi passado para trás. "Nós resolvemos tudo. Aquilo tá resolvido. Você tomou um chapéu", diz o executivo ao parlamentar.
A reportagem tentou falar com Magalhães em seu gabinete na Assembleia Legislativa de Minas, mas uma funcionária informou que ele está viajando nesta sexta-feira e não pode ser localizado.A assessoria de Andrade foi contatada, mas não se manifestou até as 18h.
Em nota, a J&F (controladora da JBS) disse que os áudios divulgados pela revista já tinham sido recuperados dos aparelhos entregues há meses por Joesley Batista à Polícia Federal.

Segundo a empresa, os arquivos estavam com sigilo decretado pelo Supremo Tribunal Federal por se tratar de diálogos entre advogados e clientes. Com informações da Folhapress.

Polícia desarticula grupo de sequestradores - Em Irecê.

Policiais do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), prenderam três sequestradores, que atuavam na região de Irecê, no Centro Norte Baiano que foram apresentados a imprensa, nesta sexta-feira (29). O grupo composto Lucélio Nogueira dos Santos, o “Shel”, de 32 anos, Elias Barreto Medrado, o “Jacó”, 50 anos, e seu filho, Maycon Barreto Medrado, 21 anos, que possuíam mandados de prisão preventiva expedidos pela Justiça.
 
A prisão ocorreu no início da manhã de hoje, quando o trio foi encontrado em uma casa na cidade de Amélia Rodrigues, distante 90 quilômetros de Salvador. Eles são responsáveis pelo sequestro de três empresários, ocorrido em 25 de maio deste ano. As vítimas foram mantidas em cativeiro, localizado no distrito de João Dourado, por dois dias e, em seguida, dia 27, liberados, depois de perceberem a movimentação da polícia nos arredores.
          
"As investigações apontam que o sequestro foi planejado por Franklin Costa Araújo, que está na Cadeia Pública de Salvador, desde 7 de setembro de 2016, e executado por cinco homens, sendo que dois deles, Felipe Amaral de Jesus e Walginelis Souza de Almeida Simplício, morreram em confronto com policiais do Draco, logo após liberarem as vítimas", explicou o delegado Marcelo Sansão, diretor do departamento.
          
Outro filho de Elias, Douglas Barreto Medrado, de 26 anos, foi preso durante a operação com documentos falsos e um Palio, vermelho, com chassi adulterado. Ele já tinha passagem por tráfico de drogas, assim como seu pai, que estava no presídio de Lauro de Freitas, cumprindo pena e não voltou após a saída temporária do Dia das Mães. Elias também possuía documento falso quando foi preso.
 
O carro foi apreendido e encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica para ser periciado, enquanto que os presos serão encaminhados para a Vara Criminal de Feira de Santana.
Conforme nota da ascom – Polícia Civil.

Maternidade prisional; o destino dos filhos de mulheres encarceradas.

Crianças que nascem de mães encarceradas tem graves efeitos psicológicos e na vida social. Na última matéria da série do BNews “Maternidade Prisional”, o sociólogo e professor universitário Eduardo Alfano analisou a situação de filhos de internas do sistema prisional, enquanto indivíduos sociais. Além disso, a diretora do único Conjunto Penal Feminino de Salvador, Luz Marina Silva explica o destino das crianças ao saírem do cárcere.

A gestora esclarece que após nascer, o bebê fica com a mãe até seis meses. Após esse tempo, as crianças são entregues às famílias das internas. Em casos que a mãe não tem família ou condições de manter a criança, existe a creche Abrigo Nova Semente, construída no próprio Complexo, que fica no bairro da Mata Escura e abriga apenas filhos de apenados do Conjunto Penal Feminino e da Penitenciária Lemos Brito. Até este mês de setembro, de acordo com a diretora, quatro mulheres já deram à luz nesta situação, sendo que duas delas têm parceiros presos.
Mas, os bebês não são os únicos que passam por esta situação. Conforme a diretora, ainda existem dez crianças abrigadas na creche com idades entre 10 e 15 anos e quatro entre 3 e 6 anos de idade. “Muitas mães ganham a liberdade e quando saem não vão buscar os filhos. Acham que estão mais bem cuidados pela Irmã Adele Pezzoni, responsável pelo abrigo. E, outras morrem devido ao envolvimento no crime”, justifica.
Luz Marina Silva ainda revelou que os pré e os adolescentes têm dificuldades para serem adotadas. “Essas crianças [sem mãe] são encaminhadas para outra instituição. Já as mães que estão presas são levadas pela Irmã Adele para visitar os filhos toda terça e quinta-feira”.
A análise dos dados do Cadastro Nacional de Adoção (CNA) e do Cadastro Nacional de Crianças e Adolescentes Acolhidos (CNCA), administrados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) prova que adoção no Brasil é um desafio. O país tem 44 mil crianças e adolescentes atualmente vivendo em abrigos, segundo o CNCA.
“Um fato triste que ocorre é quando mães estão custodiadas veem os filhos semanalmente, mas quando elas saem, não vão visitar com essa frequência”, pontua Luz Marina. Muitas vezes as mães também são transferidas para outras unidades e as crianças não sabem. 
O que Marina considera triste, pois as crianças não entendem e passam muito tempo sem ver as mães. “Tem uma criança aqui [na unidade] nesta condição que sofre muito com isso. Na semana passada, ela me pediu para ver a mãe, porém, ela foi transferida para outra unidade prisional”, finalizou.
Os filhos de presas na sociedade
O sociólogo e professor universitário Eduardo Alfano analisou a situação de crianças filhas de internas do sistema prisional, enquanto indivíduos sociais. O especialista defende que a prevenção contra as calamidades sociais deve ser a prioridade. Alfano afirma que a solução para todos os problemas não é o encarceramento e sim um conjunto de ações sociais. “Só prender não é a causa, é a consequência. Devemos formar o indivíduo para que ele não seja um delinquente”, afirma. 
Crianças nascidas em unidades prisionais que crescem sem os pais, para o sociólogo é um dilema social a ser enfrentado e uma realidade de um estado classificado por ele como ‘policialesco’, “onde as sanções em sua grande maioria são restritivas de liberdade em detrimento de transações penais em restritiva de direitos”.
Alfano pontua que “esse fenômeno não poderia ser pior, gera efeitos colaterais, pois mais uma vez atacamos a consequência como se fosse a causa, trabalhamos a exceção como se fosse a regra, gerando assim os excluídos dessa lide”.
O sociólogo destaca a exclusão social como uma das causas a serem atacadas para evitar a calamidade social. “Quando temos um Estado Policialesco o bem jurídico da propriedade é mais importante e do que o direito a vida e o direito a liberdade, colocando assim diretos fundamentas de 1ª geração em detrimento, reduzindo tudo ao encarceramento de uma população que é a 3ª maior no mundo, refletindo dessa forma a cultura de exclusão social”. 
Alfano utiliza o sociólogo francês, Emile Durkheim para sustentar a importância da formação social a partir da família. “Os laços sociais não podem estarem nem muito afrouxados e tão pouco muito apertados, porque em ambas situações não é benéfico para sociedade, sem querer ser reducionista, portanto, devemos responder a pergunta, como é que fica a formação da criança com a ausência dos entes basilares da célula nuclear ou seja, os pais?”. 
A problemática de filhos que crescem sem referência da presença dos pais é ilustrada pelo especialista com os divórcios. “Não precisa ser um expert para responder a essa pergunta, veja aí o caos que se encontra a nossa sociedade por termos filhos de pais separados, com a desculpa do péssimo convívio entre os pais, que para não interferirem negativamente na formação dessa referida criança, a melhor coisa que os pais deveriam fazer é se separarem. Mais uma vez é a consequência, que neste caso é má formação desse indivíduo. Por tanta a desagregação familiar influencia bastante na formação e papel social do indivíduo, que pode ser ruim”. 

O sociólogo defende a preparação do indivíduo para que este não cometa crimes e, portanto possa seguir como indivíduo social comum, onde o filho passa ser educado pelos pais. “Nesse mesmo sentido podemos através do método dedutivo chegarmos à conclusão do mal que é a ausência de um dos pais na educação desse ser por se encontrarem reclusos pagando uma pena aplicada pelos delitos cometidos contra essa sociedade”, conclui Alfano. Fonte:Bocão News.

Acusado de tráfico de drogas em São Paulo é preso pela Polícia Civil - Em Amargosa.

A Polícia Civil de Amargosa prendeu na tarde desta sexta-feira(29), DANILO SOUZA DOS SANTOS, 32 anos, em cumprimento a mandado judicial de prisão preventiva, expedido pela Justiça Federal de São José do Rio Preto, em São Paulo.

O decreto prisional foi um desdobramento da prisão ocorrida no dia 02 do presente mês e ano, quando foi presa a pessoa de Diego dos Santos Machado, com 180 kg de maconha e haxixe, veículo roubado e documento falsificado, na Cidade de São José do Rio Preto/SP. 

Na oportunidade, Danilo Souza dos Santos, que estava no veículo VW/Gol, de placa policial OUZ-7982, conseguiu se evadir, razão pela qual foi representada por sua prisão preventiva e apreensão do veículo.

Após tomar conhecimento através do DEPIN e da Força Tarefa da SSP/BA acerca do mandado de prisão preventiva em desfavor de Danilo Souza dos Santos, o qual poderia se encontrar nesta Cidade de Amargosa, Policiais Civis desta Unidade iniciaram uma campana nas proximidades da residência da genitora do mesmo, e bem assim na pousada pertencente a um parente próximo, quando, finalmente, no dia de hoje, após três dias de campana, por volta das 13h30min, Danilo Souza dos Santos apareceu na pousada, momento em que foi abordado pela equipe policial civil, que deu o devido cumprimento ao mandado de prisão preventiva. 

Em seguida, os policiais aprenderam o veículo de p.p. OUZ-7982, cumprindo mandado de busca e apreensão, ambos expedidos pela Justiça Federal.

Segundo informações colhidas pelos policiais civis que participaram da operação, o acusado estava em iminente fuga, para local não sabido. 

Danilo só não conseguiu fugir graças ao trabalho de inteligência e persistência da equipe, sob o comando do Delegado Adilson Freitas. A princípio, Danilo Souza dos Santos irá responder pelos crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico. Foto/Fonte:Amargosa News.

Tiroteio que deixou 3 ciganos mortos e 4 feridos foi causado por ciúmes, diz delegado.

O tiroteio entre ciganos ocorrido na noite da última quarta-feira (27), que deixou três mortos e quatro feridos, na cidade de Angical, no oeste da Bahia (relembre aqui), foi causado por uma briga entre dois homens, por conta de ciúmes, segundo informações do delegado Francisco de Sá. 

“Existia ali, naquele local, em Angical, duas comunidades ciganas: uma de Ibotirama e aquela que mora em Angical. Iniciaram uma bebedeira ali, um mexeu com a mulher do outro e houve uma animosidade, uma discussão”, afirmou o delegado. 

Os três jovens mortos foram identificados como Mailson da Cruz Ferraz, 26 anos; Ramon Ferraz de Souza, de 19 anos; e Felipe Ferraz de Souza, de 15 anos. Não há informações sobre o sepultamento dos corpos. Um dos quatro feridos, identificado como Michel Pereira Braga, recebeu alta do Hospital do Oeste, em Barreiras, e foi preso. 

Ele diz, entretanto, que não participou da troca de tiros. “A encrenca é deles, eu não tenho nada a ver com a encrenca deles. Eu vim com o menino da minha cidade, que me chamou para vir acompanhando ele”, disse o homem. 

Quatro mulheres da mesma família de ciganos que foram presas com sete armas tiveram a fiança concedida. “Elas estão presas, flagranteadas, porém foi concedido fiança e, pagando a fiança, serão liberadas”, disse o delegado Francisco Sá. 

A polícia ainda informou que irá instaurar um inquérito para apurar a apreensão das armas. A suspeita é de que a família realizava a venda ilegal dessas armas. Com informações do G1

Latino tem prisão decretada por não pagar pensão alimentícia.

O cantor Latino pode ser preso a qualquer momento por não pagar a pensão alimentícia de um dos seus nove filhos. A  prisão do cantor foi decretada pela juíza Cristiane de Sá Berbat, no último dia 19, por não assumir os seus compromissos com Jack Blandy, com quem teve Matheus, hoje com 5 anos. 

O valor da ação é mantido em segredo de justiça, no total, Latino deve um ano de pensão e já está sendo procurado pelos agentes da polícia. 

Latino só manteve contato com a criança duas vezes, uma aos quatro meses de vida, e outra no último Dia dos Pais, quando o cantor levou o menino e a filha, Suzana, da relação com a cantora Kelly Key, ao cinema. Na época, o cantor e a ex deram uma trégua na batalha judicial que se arrasta desde o nascimento da criança. G1.

PM apreende adolescente com drogas, simulacro e dinheiro roubado - Em V. da Conquista.

Por volta das 11h dessa sexta, 29, na Rua Chile, bairro Jurema, o Esquadrão Falcão apreendeu um adolescente, que tentou fugir. De acordo com a polícia, o adolescente estava a bordo de uma motocicleta e tentou fugir ao receber voz de abordagem. 

Com o suspeito foram encontradas 17 pedras de crack, uma arma de brinquedo e R$ 470, que ele confessou ter sido produto de um roubo contra uma mulher nas proximidades do ginásio de esportes.

Ainda segundo a polícia, o adolescente é conhecido pela prática de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e furto.O suspeito foi apresentado no Disep. Foto/Fonte:Blitz Conquista.

Atriz Solange Badim morre de câncer aos 53 anos - No Rio de Janeiro.

A atriz Solange Badim faleceu no início da noite desta sexta-feira (29), vítima de câncer, que se encontrava em estágio avançado. A artista, de 53 anos, estava internada no Hospital Badim, Zona Norte do Rio de Janeiro. As informações são do jornal O Globo. 

A reportagem apurou que o velório acontece neste sábado, às 9h, e o corpo deve ser cremado ao fim do dia. A atriz se destacou ao participar da novela "Salve Jorge", de Glória Peres, em 2012. Ela interpretou Delzuite, mãe da personagem Lurdinha, vivida por Bruna Marquezine. Seu último trabalho foi a peça de teatro "Lifting, uma Comédia Cirúrgica”, com Ângela Rebello, Drica Moraes e Lorena da Silva.

Prefeitura realiza Dia D de vacinação Antirrábica - Em Maracás.

O Dia D de Mobilização contra a Raiva Animal com vacinação de cães e gatos acontece neste sábado (30), em todas as unidades de saúde (Sede). Proteja o seu bichinho de estimação. Fonte: Blog Vandinho Maracás.

Em mensagem vazada, lúcio irmão de Geddel chama de "sacanagem" operação da Polícia Federal.

Retornando às atividades parlamentares e políticas após a prisão do irmão Geddel Vieira Lima, o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB) teve suas mensagens vazadas de um aplicativo de mensagens. 
O parlamentar prestava solidariedade ao senador Romero Jucá (PMDB-RR), que teve filhos e enteados como alvos da Polícia Federal, em operação nesta quinta-feira (28). Na mensagem, Lúcio chama de “sacanagem” a ação dos policiais. 
“Essa sacanagem é em função do caso de Aécio para inibir o Senado, são indignos, não tenho poder em ajudar em nada, mas ao menos quero retribuir o carinho paternal que você tem dedicado a mim e sou grato. Qualquer coisa estarei em Brasília direto! Abraços e dá um beijo na minha amiga Tereza”, escreveu. 
A PF deflagrou uma operação em Boa Vista (RR) para investigar Marina e Rodrigo Jucá, filhos do senador Romero Jucá (PMDB-RR), e Ana Paula e Luciana Surita, enteadas dele e filhas da prefeita da capital roraimense, Teresa Surita. Todos são alvos de mandados de busca e apreensão e condução coercitiva. 
A Operação Anel de Giges apura a atuação de uma organização criminosa acusada de peculato, lavagem de dinheiro e desvios de verbas públicas. Os mandados são cumpridos em Boa Vista, Belo Horizonte e Brasília. A defesa de Jucá afirma que o senador não está entre os investigados. Com informações do BNews


Prefeito é intimado a depor sobre acusação de crime eleitoral nas eleições 2016 - Em Ubaíra.

O prefeito do município de Ubaíra, Fred Muniz Barreto Andrade, do SD – Solidariedade, foi intimado a depor, na ação ajuizada no TRE – Tribunal Regional Eleitoral, sob nº 432-96.2016.6.05.0038, acusado de eventual prática de crime eleitoral nas eleições do ano passado quando derrotou o opositor Lúcio Monteiro (PSD).
Fred será ouvido em 11 de outubro às 9h da manhã pela juíza: Liana Teixeira Dumet, além dele também serão ouvidos, o vice-prefeito Elton Mafra Trindade (SD), e o presidente da Câmara, Marcelo Andrade (SD).
Segundo o Blog do Marcos Frahm presa contra o gestor, a acusação de compra de votos, as investigações apontam que os acusados, durante processo eleitoral, estiveram dentro de uma igreja evangélica, pedindo votos.

Se for julgado procedente as acusações, o gestor poderá ser afastado do cargo e perder o mandato. Foto/Fonte;Mídia Bahia.

"Ninguém vai me intimidar", diz Jucá sobre operação da PF que foca seus filhos.

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), reagiu nesta quinta-feira (28) à operação da Polícia Federal (PF) que teve seus filhos e enteados como alvo. "Ninguém vai me intimidar", disse ao chegar para uma reunião na presidência do Senado. 

Líderes partidários estão reunidos para decidir se levam ao plenário da Casa a decisão do Supremo Tribunal Federal que afastou e determinou o recolhimento noturno do senador Aécio Neves (PSDB-MG). 

Questionado se considerava a operação desta manhã como uma intimidação à ameaça de o Senado derrubar a decisão do STF contra Aécio, Jucá, demonstrando irritação, foi sucinto: "Deduzam". 

A Polícia Federal em Roraima, em conjunto com a Receita Federal, deflagrou a Operação Anel de Giges, na manhã desta quinta-feira, com o objetivo de investigar organização criminosa acusada de peculato, lavagem de dinheiro e desvios de verbas públicas. Dois filhos e dois enteados de Jucá são alvo da operação. Foto:Marcelo Camargo/Agência Brasil.

Por 43 votos a 8, Senado decide levar caso Aécio ao plenário.

O plenário do Senado aprovou nesta quinta-feira, 28, por 43 votos favoráveis e 8 contrários requerimento para votar com urgência a decisão do Supremo Tribunal Federal que suspendeu o mandato e impôs restrições de liberdade à noite ao senador Aécio Neves (PSDB-MG). A votação em si, no entanto, foi postergada para a próxima terça-feira, 3 de outubro.
Apesar da urgência, o requerimento não previa uma data para a votação. Ele foi assinado por líderes partidários e articulado pelo senador Paulo Bauer (SC), que comanda a bancada do PSDB. 
Bauer pediu o adiamento e conseguiu um acordo no plenário para ganhar tempo. Os senadores acreditam que divergências entre os ministros do STF levem o tribunal a rever a decisão da 1ª turma, onde as punições foram aprovadas por 3 a 2.
O senadores pretendem derrubar a decisão da 1ª turma do STF, comunicada na noite desta quarta-feira à Mesa Diretora do Senado Mas preferiram evitar um choque entre poderes.
Na sessão, o PT decidiu representar contra Aécio no Conselho de Ética por quebra de decoro parlamentar.
Articulação
Os senadores dizem que, como a decisão envolve cerceamento de liberdade, é preciso cumprir o que está previsto na Constituição em caso de prisão de parlamentar, como ocorreu com o então senador Delcídio Amaral (sem partido-MS). Na ocasião, o plenário manteve a ordem do Supremo que determinou a prisão do parlamentar por obstrução da Justiça.
A operação para salvar Aécio uniu a base aliada e parte da oposição, além de receber o aval do Palácio do Planalto, que tem o senador como um dos principais apoiadores do governo Michel Temer no PSDB.
Em conversas reservadas, auxiliares do presidente avaliam que, sem poder contar com o apoio do senador mineiro, o partido deixará em breve a base aliada do governo, como deseja o presidente interino do PSDB, Tasso Jereissati (CE).
O temor dos parlamentares é criar um precedente na Casa para que o Supremo possa afastar do mandato outros parlamentares acusados ou sob investigação.
Outro argumento é de que não há previsão legal para o afastamento de Aécio do mandato. Por isso, diferentemente do que ocorreu em maio, quando o Senado acatou a decisão do ministro Edson Fachin e afastou o tucano das atividades parlamentares, desta vez o plenário deveria deliberar sobre esta questão.
Senadores da base afirmam que o Supremo ainda não se manifestou sobre uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) que defende a consulta ao plenário do Congresso não só em caso de prisão, mas também em caso de medidas cautelares contra integrantes do Poder Legislativo.G1.


Fragilizado no comando da Secult, Jorge Portugal pede demissão do cargo.

A Secretaria de Comunicação do governo estadual informou nesta quinta-feira (28) que o secretário de Cultura Jorge Portugal entregou ao governador Rui Costa uma carta pedindo exoneração do cargo. 

De acordo com a pasta, o titular da Secult alegou questões pessoais e profissionais. O substituto de Portugal será anunciado nos próximos dias, como parte de algumas mudanças que o petista pretende realizar no seu secretariado. 

De acordo com fontes ouvidas pelo Bahia Notícias, a permanência do secretário no posto havia ficado insustentável por conta de constantes embates com o deputado estadual Rosemberg Pinto (PT) (veja aqui), nome considerado de grande influência na pasta. O novo comandante da pasta deve ser, inclusive, indicado pelo parlamentar. Foto:Jamile Amine/BN.