Páginas

terça-feira, 25 de dezembro de 2018

Após 5 anos da Lava Jaro,menos de um quarto dos réus estão na cadeira.


Cinco anos após o início da Operação Lava Jato, menos de um quarto dos condenados em primeira instância está na cadeia. Ou seja, dos 146 réus considerados culpados, 34 estão atrás das grades.

Segundo um levantamento feito pelo jornal O Globo, outros nove réus da operação cumprem pena em regime aberto ou semiaberto. Mas a maioria deles está em casa por ter firmado acordo de delação premiada, por ainda não ter tido sua sentença confirmada em segunda instância ou porque conseguiu alguma decisão judicial favorável à sua liberdade.

Há também os casos em que os réus já cumpriram parte da pena na cadeia. É o caso do dono de postos de combustíveis em Brasília, Carlos Habib Chater,  e do ex-deputado André Vargas. O primeiro passou três anos preso e deixou o presídio em 2017. Já o segundo cumpriu um terço de sua pena de 13 anos e agora está em liberdade condicional.

Entre os nomes que continuam presos estão o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o ex-deputado federal Eduardo Cunha (MDB-RJ) e o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (MDB). Foto:PauloPinto/AGPT.


Nenhum comentário:

Postar um comentário