Páginas

quinta-feira, 30 de maio de 2019

Principal líder de uma facção criminosa morre em confronto com a Polícia - Em Porto Seguro.


O mundo do crime apresentou mais um fim trágico a um de seus envolvidos na manhã desta quinta-feira (30). 

Ivagno Souza Correia Junior, conhecido por “Pezão”, foi morto após resistir a ação de policiais militares do 8º BPM e da RONDESP SUL no bairro Mirante em Porto Seguro. Após uma intensa troca de tiros, Pezão foi alvejado e morreu no local, em sua posse a PM encontrou uma pistola marca Glock, calibre 9mm.

O criminoso, considerado de alta periculosidade, era apontado como a principal liderança de uma organização criminosa fora da prisão. Autor de roubos a banco, homicídios e tráfico de drogas. Pezão havia participado diretamente de vários crimes contra instituições financeiras, a exemplo da tentativa de explosão de caixas eletrônicos na agência do Bradesco. 

Destaca-se ainda a sua participação no roubo à agencia da Caixa Econômica Federal localizada no município de Belmonte (BA), em 05 de outubro de 2018 e o roubo a empresa de valores PROSEGUR, ocorrido na cidade de Eunápolis (BA), no dia 06 de março de 2018.

“Pezão” integrava uma organização criminosa e tinha contra si vários mandados de prisão em aberto, sendo um dos criminosos mais procurados pela polícia da região. Não foi a primeira vez que Pezão resistiu a uma ação policial. 

No dia 06 de março de 2019 em abordagem policial no mesmo bairro, ele e mais dois comparsas deflagraram vários disparos contra a guarnição e empreenderam fuga. Um policial militar ficou ferido quando foi atingido por um disparo na virilha durante o confronto. Ele passa por cirurgia e encontra-se estável. G1.


Nenhum comentário:

Postar um comentário